Início » Cultura » ‘Charlie Hebdo’ vai deixar de publicar charges do profeta Maomé
França

‘Charlie Hebdo’ vai deixar de publicar charges do profeta Maomé

'Nós fizemos o nosso trabalho', disse Laurent Sourisseau, editor do jornal satírico que sobreviveu ao atentado na redação em janeiro deste ano

‘Charlie Hebdo’ vai deixar de publicar charges do profeta Maomé
A capa da primeira publicação após o atentado: "Tudo está perdoado" (Foto: Flickr)

O editor do jornal satírico francês Charlie Hebdo, Laurent Sourisseau, disse em recente entrevista que o periódico não vai mais publicar charges do profeta Maomé.

“Nós fizemos o nosso trabalho, defendemos o direito de caricaturizar,” disse o editor em entrevista à revista alemã Stern.

A decisão veio seis meses depois da invasão dos irmãos militantes Kouachi à redação da Charlie Hebdo em Paris, em um ataque que resultou em 12 mortes. Entre as vítimas estavam o editor do jornal na época, Stephane Charbonnier, e os cartunistas veteranos Jean Cabut, Bernart Verlhac e Georges Wolinski.

Sourisseau, conhecido como Riss, sobreviveu ao ataque em 7 de janeiro ao fingir-se de morto, de acordo com o Telegraph.

A Al-Qaeda do Iêmen assumiu responsabilidade pelas ações dos irmãos Kouachi, que consideraram o ataque uma retribuição pelas publicações satíricas feitas sobre o profeta Maomé no jornal. No Islã, representações visuais do profeta são consideradas blasfêmia.

Sourisseau foi cuidadoso ao mencionar na entrevista que o jornal não foi“possuído pelo Islã” e que os editores ainda acreditam que eles têm “o direito de criticar todas as religiões”.

“Nós desenhamos Maomé para defender o princípio de que as pessoas podem desenhar quem quiserem”, disse. “Mas é um pouco estranho: é esperado que o jornal exercite uma forma de liberdade de expressão que ninguém mais ousa fazer.”

A primeira capa do jornal depois do atentado, que vendeu impressionantes oito milhões de cópias, ilustrava o profeta com olhos marejados.  A legenda dizia: “Tout est pardonné” (Tudo está perdoado).

Fontes:
Newsweek-‘Charlie Hebdo’ Will Cease Publishing Cartoons of Prophet Muhammad

1 Opinião

  1. Ludwig Von Drake disse:

    A teimosia deveria ser um dos pecados capitais. Demoraram para ver, os abestados, que não vale a pena morrer por uma caricatura.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *