Início » Internacional » Chile anuncia plebiscito para nova Constituição
ABRIL DE 2020

Chile anuncia plebiscito para nova Constituição

Plebiscito só ocorrerá em abril de 2020, mas atende demanda de manifestantes, que exigem uma nova Constituição

Chile anuncia plebiscito para nova Constituição
A atual Constituição do Chile ainda data da ditadura de Augusto Pinochet (Foto: Sebastian Piñera/Facebook)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O Chile convocou, para abril de 2020, um plebiscito para a criação de uma Nova Constituição. Parlamentares governistas e da oposição chegaram ao acordo na madrugada desta sexta-feira, 15.

O processo para a nova Constituição chilena já havia sido anunciado no último domingo, 10. Agora, com o acordo entre os parlamentares, o governo avança para reduzir a pressão que está sofrendo com as manifestações das ruas, que já duram quase um mês. Pelo menos 20 pessoas morreram e milhares foram detidas durante os protestos.

A atual Constituição do Chile ainda data da ditadura de Augusto Pinochet, que perdurou de 1973 até 1990. Uma nova Carta Magna era uma das reivindicações dos protestos chilenos, que ganhou o apoio dos jogadores da seleção de futebol chilena na última semana. Os atletas chegaram a cancelar um amistoso em apoio às manifestações. Artistas, como a cantora chilena Mon Laferte, também se postaram a favor dos protestos.

A Constituição chilena já foi alterada em diversos momentos, com duas grandes modificações ocorrendo em 1989 – com a revogação da limitação do pluralismo político – e em 2005 – que acabou com senadores nomeados por instituições. Porém, o fato dela ser do período da ditadura de Pinochet ainda é duramente criticado.

Ademais, durante a ditadura também ocorreu parte das privatizações chilenas, como da água e da energia elétrica. Os manifestantes pedem que o Estado tenha uma participação maior em fornecimento de serviços básicos, como saúde e educação. Na Constituição atual, o texto trata o Estado como “subsidiário”.

Fontes:
O Globo-Chile anuncia plebiscito sobre nova Constituição
G1-Governo e oposição no Chile fazem acordo para realizar plebiscito em abril de 2020
Estadão-Governo e oposição do Chile fazem acordo por plebiscito para nova Constituição

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Rafael de Barros Faria disse:

    Para quem acha que povo na rua nada resolve, aí está o resultado.
    Parabéns ao povo chileno.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *