Início » Internacional » China pode acabar com controle de natalidade
FIM DAS RESTRIÇÕES

China pode acabar com controle de natalidade

Há cerca de 40 anos a China adota uma rígida política de planejamento familiar

China pode acabar com controle de natalidade
Desde 2016, todos os casais chineses puderam passar a ter dois filhos (Fonte: Reprodução/Pixabay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A China está se preparando para acabar com as restrições ao número de filhos que casais podem ter no país. A informação foi divulgada nesta semana por um jornal jurídico ligado ao gabinete da procuradoria chinesa.

De acordo com o jornal, um novo Código Civil que está sendo preparado no país não faz qualquer referência ao controle de natalidade.

Há cerca de 40 anos a China adota uma rígida política de planejamento familiar. Em 1979, com o objetivo de conter o crescimento da população, o regime chinês iniciou a imposição da chamada política do filho único, que, no entanto, foi revogada oficialmente em 2015. Desde 2016, todos os casais chineses puderam passar a ter dois filhos.

Caso a notícia se confirme, os casais na China enfim poderão ter quantos filhos desejarem. A previsão é de que o novo Código Civil seja aprovado no Congresso Nacional do Povo em 2020.

Apesar das mudanças adotadas na política de natalidade, o regime chinês não vem conseguindo conter o crescente envelhecimento da população e, portanto, a redução da população economicamente ativa. O número de nascimentos no país no ano passado voltou a diminuir.

Fontes:
Diário de Notícias - China prepara-se para eliminar restrição ao número de filhos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *