Início » Cultura » China bane seriados de TV que ‘entretêm demais’
EM PROL DO CONTEÚDO 'PATRIÓTICO'

China bane seriados de TV que ‘entretêm demais’

Para preparar a população para o 70º aniversário da República Popular da China, governo envia lista com programas ‘patrióticos’ a serem exibidos até a data

China bane seriados de TV que ‘entretêm demais’
Além de banir séries populares, governo proibiu programas que retratam a vida de celebridades (Foto: Max Pixel)

O governo da China proibiu as emissoras de televisão de exibirem dramas históricos com enredos que, segundo o Partido Comunista Chinês, “entretêm demais”. A medida vale até a comemoração do 70º aniversário da República Popular da China, em 1º de outubro.  

As emissoras de televisão receberam do governo uma lista de 86 programas com conteúdo “patriótico” para serem exibidos este ano, como uma forma de fortalecer a imagem do Partido Comunista Chinês.

A recomendação, divulgada pela Administração Estatal de Rádio, Cinema e Televisão, também proibiu a exibição de programas que retratam a vida de celebridades.

A programação sugerida pelo governo inclui filmes e documentários sobre as “diferentes etapas do caminho trilhado pelo povo chinês em sua busca por independência, prosperidade e força”.

A censura à mídia na China aumentou desde que o presidente Xi Jinping assumiu o poder. No ano passado, as autoridades adiaram a aprovação de três filmes importantes previstos para serem exibidos no primeiro semestre deste ano. 

Em janeiro, o filme The Story of Yanxi Palace foi retirado do ar após o jornal Theory Weekly criticá-lo por retratar um estilo de vida luxuoso e hedonista. O filme ambientado no período da dinastia Qing foi exibido mais de 15 bilhões de vezes até ser proibido.

A mídia estatal também criticou os filmes e documentários que retratam a vida de celebridades, muito populares no Japão e na Coreia do Sul. Segundo os artigos publicados, a ênfase no aspecto materialista da vida de pessoas famosas tinha uma influência negativa na sociedade chinesa.  

Por fim, no final de julho, a música “Do You Hear the People Sing?” do musical Les Miserables, cantada por multidões durante os protestos pró-democracia recentes em Hong Kong, foi retirada dos principais serviços de streaming, como o QQ Music.   

Fontes:
The Independent-China bans TV shows that are ‘too entertaining’

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *