Início » Internacional » China destrói seis toneladas de marfim ilegal apreendido
Matança de elefantes

China destrói seis toneladas de marfim ilegal apreendido

Objetivo do governo chinês é chamar atenção para a matança de elefantes na África causada pela corrida pelo marfim

China destrói seis toneladas de marfim ilegal apreendido
Destruição foi amplamente divulgada e acompanhada por membros do governo chinês (Reprodução/AP)

Nos último anos, a corrida pelo marfim fez a matança de elefantes na África atingir números recordes. De acordo com ambientalistas e pesquisadores, a paixão da China por objetos feitos de marfim é a principal causadora dessa crise.

Na última segunda-feira, 6, a China decidiu reagir. O governo do país recebeu inúmeros elogios após mandar destruir 6 toneladas de marfim bruto e objetos feitos do material. A destruição ocorreu na cidade de Dongguan.

A destruição foi amplamente divulgada e acompanhada por membros do governo chinês, diplomatas estrangeiros e defensores dos animais. Ambientalistas esperam que o episódio chame a atenção do país para a dramática matança de elefantes africanos.

Cristián Samper, executivo chefe da Wildlife Conservation Society, ONG que defende os direitos dos animais, parabenizou o governo chinês por mostrar ao mundo que a matança de elefantes e a compra de marfim ilegal é inaceitável.

Porém, ainda há um longo caminho a ser trilhado. As seis toneladas de marfim destruídas representam uma pequena parte do total de marfim comercializado na China. Embora não haja nenhum cálculo oficial, a Wildlife Conservation Society estima que existam 45 toneladas de marfim  no país.

 

 

Fontes:
The New York Times-China Destroys 6 Tons of Ivory

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *