Início » Internacional » Chuvas no Japão matam mais de 170 pessoas
INUNDAÇÕES E DESLIZAMENTOS

Chuvas no Japão matam mais de 170 pessoas

Esta é considerada a maior tragédia registrada no país por fenômeno meteorológico desde 1982

Chuvas no Japão matam mais de 170 pessoas
As chuvas ocorreram entre a última sexta-feira, 6, e o domingo, 8 (Foto: Kyoto News)

As autoridades japonesas contabilizam que, pelo menos, 179 pessoas morreram em inundações e deslizamentos de terra causados pelas últimas chuvas torrenciais registradas no oeste do país. As buscas por sobreviventes continuam. Dezenas de pessoas seguem desaparecidas.

O porta-voz do governo, Yoshihide Suga, confirmou o número e destacou o fato como a maior tragédia registrada no Japão por fenômeno meteorológico desde 1982. O primeiro-ministro Shinzo Abe visita as regiões afetadas nesta quarta-feira, 11.

Quase 8.400 pessoas deixaram suas casas e estão em abrigos do governo ou seguiram para casas de parentes. Aqueles que não atenderam os pedidos das autoridades para saírem de suas casas ficaram isoladas.

Cerca de 75 mil policiais, bombeiros, soldados das Forças de Autodefesa e da Guarda Costeira estão envolvidos nas buscas e no atendimento de desabrigados e afetados.

As fortes chuvas ocorreram entre a última sexta-feira, 6, e o domingo, 8, quando foram registrados recordes pluviométricos em 118 pontos de observação, em 15 municípios do oeste japonês. Em Hiroshima, os níveis dos reservatórios continuam a subir. Já as cidades de Fukuyama e Takehara seguem em alerta.

As autoridades confirmaram mais de 440 deslizamentos de terras em diferentes cidades. Tentando se recuperar, a população japonesa enfrenta o aumento das temperaturas. Segundo as autoridades, muitas pessoas já adoeceram por causa das temperaturas registradas.

Outra preocupação é a qualidade dos alimentos. O Ministério da Saúde alerta para possíveis intoxicações alimentares caso sejam ingeridos alimentos fora da data de validade ou que estão sendo armazenados irregularmente. No passado, muitas pessoas já adoeceram devido a má qualidade dos alimentos guardados.

Fontes:
G1-Nº de mortos após tempestades no Japão vai a 179; premiê visita regiões afetadas
NHK-Rescuers facing challenges

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *