Início » Internacional » Ciberataque contra Coreia do Sul partiu da China
Investigação

Ciberataque contra Coreia do Sul partiu da China

Seul não descarta, no entanto, uma possível autoria ou responsabilidade do regime norte-coreano

Ciberataque contra Coreia do Sul partiu da China
Ataque virtual está sendo investigado pela agência de Segurança da Internet da Coreia do Sul (Fonte: Reprodução/AFP)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O ciberataque sofrido nesta quarta-feira, 20, pelos sistemas de informática das principais emissoras de TV da Coreia do Sul e também de dois dos seus maiores bancos teve origem na China. Seul não descarta, no entanto, uma possível autoria ou responsabilidade do regime norte-coreano.

De acordo com a Comissão de Comunicação da Coreia do Sul, a identidade dos hackers ainda não foi determinada, mas o processo para identificá-los está em andamento.

“Hackers não identificados utilizaram um IP na China para invadir os servidores de seis organizações e entidades e para introduzir um malware que atacou os computadores”, informou o diretor da agência reguladora sul-coreana para as comunicações.

‘Considerando todas as possibilidades’

Os sistemas das redes de TV e dos bancos sul-coreanos foram interrompidos às 14h (2h, no horário de Brasília), deixando o país em alerta. A primeira suspeita recaiu sobre a Coreia do Norte.

Uma fonte da presidência sul-coreana disse que as autoridades do país estão “considerando todas as possibilidades, com uma forte suspeita de que a Coreia do Norte está por trás do ciberataque”.

O ataque cibernético aconteceu em meio à escalada da tensão entre as duas Coreias. Nas últimas semanas, Pyongyang elevou o tom de ameaças contra Seul e também contra os EUA, em resposta aos exercícios militares dos dois países na região.

Fontes:
Veja - Coreia do Sul: ciberataque a bancos e TVs partiu da China

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *