Início » Vida » Ciência » Cientistas criam o material mais à prova d’água do mundo
super-hidrofóbico

Cientistas criam o material mais à prova d’água do mundo

Os cientistas criaram uma superfície super-hidrofóbica com capacidade de repelir a água 40% superior à da flor de Lótus

Cientistas criam o material mais à prova d’água do mundo
Além de criar capas de chuva mais eficientes, o material pode ser usado para criar turbinas de avião que não congelem em temperaturas baixas (Reprodução/BBC)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Cientistas do Massachusetts Institue of Technology (MIT), EUA, conseguiram criar “o material mais à prova d’água do mundo”.

Inspirados na forma como as asas da borboleta e as folhas de plantas do gênero Tropaeolum repelem a água, os cientistas criaram uma superfície super-hidrofóbica com capacidade de repelir a água 40% superior à da flor de lótus.

Tida até o momento como o melhor exemplo de estrutura hidrofóbica, a flor de lótus sempre foi copiada pelo setor têxtil. Em um artigo publicado na revista Nature, o professor Kripa Varanasi, comemorou a descoberta. “Nós acreditamos que essas são as superfícies mais super-hidrofóbicas já criadas. Por anos a indústria vem imitando a folha de lótus. Eles deveriam ter tentado imitar as borboletas ou as cinco-chagas”.

Para criar o tecido super-hidrofóbico, os cientistas acrescentaram pequenas linhas de silicone à superfície do material. A técnica aumenta o tempo de contato da água com a superfície e faz a gota de água se fragmentar rapidamente em partes assimétricas.

Além de tecido, foram feitos testes com bons resultados em superfícies de óxidos de alumínio e de cobre, provando que além de criar capas de chuva mais eficientes, o material pode ser usado para criar turbinas de avião que não congelem em temperaturas baixas.

Para Varanassi, é possível aperfeiçoar a criação, mas no momento o principal desafio é aumentar a resistência dos materiais super-hidorfóbicos. “O desafio agora é durabilidade. A maioria dos materiais super-hidrofóbicos são polímeros frágeis, eles não resistem ao atrito ou altas temperaturas. Mas combinações destas texturas com materiais mais fortes, como metais e cerâmicas, podem nos levar a superar esses defeitos”.

Fontes:
BBC-Cientistas criam material 'mais à prova d’água já feito'

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *