Início » Vida » Ciência » Cientistas criam prótese que traz de volta o tato de um pé amputado
Ciência

Cientistas criam prótese que traz de volta o tato de um pé amputado

A prótese tem sensores na palmilha que estimulam o coto e enviam sinais para o cérebro. Em teste, usuário voltou a sentir a textura das superfícies onde caminhava

Cientistas criam prótese que traz de volta o tato de um pé amputado
‘Sinto como se tivesse um pé novamente’, disse usuário que testou a palmilha (Divulgação/Universidade de Linz)

Cientistas da Universidade de Linz, na Áustria, desenvolveram uma prótese capaz de trazer de volta o tato de um pé amputado. A prótese tem sensores na palmilha que estimulam o coto, região do membro que restou após a amputação.

Na primeira parte do estudo, os cirurgiões reposicionam os nervos na base do coto do membro amputado, deixando-os o mais perto possível da pele. Depois, os cientistas acoplam à base da prótese seis sensores capazes de medir a pressão imposta ao calcanhar e aos dedos durante a caminhada.

Os sinais emitidos pelos sensores são captados por um microcontrolador, que os envia para estimuladores colocados na parte em que a prótese toca o coto. Os estimuladores vibram e estimulam os nervos, que enviam os sinais para o cérebro.

“Os sensores dizem ao cérebro que o pé existe, e o paciente tem a sensação de que está se erguendo do chão quando caminha”, diz Hubert Egger, professor da Universidade de Linz.

A prótese foi testada pela primeira vez em Wolfang Rangger, que perdeu a perna direita em 2007, por um coágulo causado por um acidente vascular. O resultado foi um sucesso.

“Sinto como se tivesse um pé novamente. É como receber um sopro de vida. Não escorrego mais no gelo e posso dizer se estou andando sobre cascalho, concreto, grama ou areia. Sinto até mesmo pequenas pedras”, diz Rangger, que vem testando a prótese há seis meses e pratica escalada, corrida e ciclismo.

Outro benefício da prótese é acabar com as dores sentidas no “membro fantasma”, síndrome relatada por muitos que tiveram algum membro amputado. Segundo Egger , isso ocorre porque a prótese faz o cérebro receber informações concretas, em vez de buscar pelo membro que falta.

Fontes:
BBC-Prótese permite sentir 'tato' de pé amputado

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *