Início » Internacional » Cientistas detectam lixo plástico em 88% da superfície oceânica
Poluição

Cientistas detectam lixo plástico em 88% da superfície oceânica

Constatação aumenta a preocupação com os efeitos sobre a vida marinha e a cadeia alimentar

Cientistas detectam lixo plástico em 88% da superfície oceânica
Há atualmente entre 10 mil e 40 mil toneladas de plástico nos oceanos (Fonte: Reprodução/Super Interessante)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Cientistas afirmaram no início desta semana que até 88% da superfície dos oceanos do mundo está contaminada com lixo plástico.

A constatação aumenta a preocupação com os efeitos sobre a vida marinha e a cadeia alimentar.

O estudo, publicado no periódico “Proceedings of the National Academy of Sciences”, foi baseado em mais de 3 mil amostras oceânicas coletadas por uma expedição científica em 2010.

O diretor da pesquisa, Andrés Cozar, da Universidade de Cádiz, na Espanha, ressaltou que “as correntes oceânicas carregam objetos plásticos, que se partem em fragmentos menores, devido à radiação solar”.

Ainda de acordo com Andrés Cozar, os pequenos pedaços de plástico detectados na superfície dos oceanos podem durar centenas de anos.

Embora tenham observado que a quantidade total de plástico nos oceanos atualmente — entre 10 mil e 40 mil toneladas — seja menor do que estimativas anteriores, os cientistas se preocupam com os efeitos que estas pequenas partículas de plástico têm na vida marinha.

Andrés Cozar ressaltou que, “provavelmente, a maioria dos impactos relacionada à poluição do plástico nos oceanos não é conhecida”.

Fontes:
Uol - Até 88% da superfície dos mares está contaminada com plástico, alerta estudo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *