Início » Vida » Ciência » Cientistas reconstroem peixe de 400 milhões de anos
CIÊNCIA

Cientistas reconstroem peixe de 400 milhões de anos

Animal tinha aparência peculiar com olhos no topo da cabeça e focinho alongado

Cientistas reconstroem peixe de 400 milhões de anos
Os primeiros fósseis do Brindabellaspis foram encontrados em 1980 perto da Lago Burrinjuck em Nova Gales do Sul (Foto: Flinders University)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Cientistas, da Universidade de Flinders e da Universidade Nacional da Austrália, reconstruíram um fóssil de um peixe antigo com um longo focinho. O Brindabellaspis pertence à extinta classe chamada de placodermos. Acredita-se que ele tenha vivido há 400 milhões de anos. O estudo de Benedict King, Gavin C Young e John A Long foi publicado no Royal Society Open Science.

O peixe tinha uma aparência bem peculiar. “Os olhos eram no topo da cabeça e as narinas saíam das órbitas. Havia um longo focinho na frente e as mandíbulas também eram posicionadas muito para frente”, diz Benedict King.

“Nós imaginamos que ele usava o bico para procurar presas, como um ornitorrinco, enquanto os olhos no topo da cabeça procuravam por perigo”, explica John Long.

Os primeiros fósseis do Brindabellaspis foram encontrados em 1980 perto da Lago Burrinjuck em Nova Gales do Sul, na Austrália, uma área onde foi descoberto fósseis dos peixes que estão entre os mais antigos do mundo.

Gavin Young diz que Brindabellaspis é o mais estranho de mais de 70 espécies de peixes encontradas no antigo ecossistema. Young também afirma que o fóssil trouxe outra surpresa: um sistema sensorial no bico que parece ser uma forma modificada do sistema de detecção de pressão que é encontrado nos peixes atuais.

Fontes:
Flinders University-Bizarre ‘platypus fish’ found on Australia’s original reef
The Guardian-Prehistoric platypus-like fish reconstructed by Australian scientists
O Globo-Cientistas reconstroem peixe que viveu há 400 milhões de anos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *