Início » Internacional » Cinco detentos iemenitas de Guantánamo serão transferidos para os Emirados Árabes Unidos
PRISÃO MILITAR

Cinco detentos iemenitas de Guantánamo serão transferidos para os Emirados Árabes Unidos

Os prisioneiros estavam na prisão de Guantánamo há 14 anos e não tinham sido acusados de nenhum crime

Cinco detentos iemenitas de Guantánamo serão transferidos para os Emirados Árabes Unidos
O governo Obama vai enviar para o Congresso americano um plano para fechar Guantánamo (Foto: Wikimedia)

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos anunciou nesta segunda-feira, 16, que transferiu cinco detentos iemenitas da prisão de Guantánamo, em Cuba, para os Emirados Árabes Unidos. Os Estados Unidos os mantiveram presos por 14 anos, como prisioneiros de guerra. Porém, nenhum deles foi condenado por qualquer crime.

A transferência reduziu a população carcerária da prisão para 107 detentos. A realocação dos detentos iemenitas é a primeira a ser feita para os Emirados Árabes Unidos, que anteriormente recebeu apenas um ex-detento de Guantánamo, em 2008, que era cidadão do próprio país.

Por anos, os governos do presidente Barack Obama e do ex-presidente George W. Bush tinham a esperança que o clima político e de segurança no Iêmen iria estabilizar o suficiente para que as dezenas de detentos iemenitas pudessem ser transferidos. Entretanto, nos últimos anos, os Estados Unidos têm persuadido outros países a receberem pequenos grupos de detentos com essa nacionalidade.

De acordo com dossiês militares dos EUA, os detentos que serão transferidos foram capturados no final de 2001, perto da fronteira entre Afeganistão e Paquistão, após a batalha de Tora Bora, quando muitos combatentes fugiram para as montanhas.

O governo Obama espera enviar em breve ao Congresso dos EUA um projeto para fechar a prisão de Guantánamo. O ponto-chave da proposta é o plano de mover para uma prisão nos Estados Unidos 59 detentos que não têm recomendação para transferência. O estatuto aprovado pelo Congresso atualmente proíbe militares de trazer qualquer detento para dentro de solo americano.

Fontes:
New York Times-5 Yemeni Guantánamo Inmates Are Sent to United Arab Emirates

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *