Início » Internacional » Cinco motivos que mostram porque a visita de Romney a Israel foi um erro
eleições dos EUA

Cinco motivos que mostram porque a visita de Romney a Israel foi um erro

Lista revela que candidato à presidência dos EUA teve razões duvidosas para visitar o Estado judeu no último fim de semana

Cinco motivos que mostram porque a visita de Romney a Israel foi um erro
Mitt Romney cumprimenta o primeiro ministro de Israel, Binyamin Netanyahu. Interferência estrangeira nas eleições dos EUA (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Veja abaixo razões pelas quais a viagem do presidenciável republicano Mitt Romney a Israel, encerrada no último domingo, foi, no mínimo, de mau gosto.

 

1) Claramente a pricipal razão de Romney para a realização da viagem foi agradar o magnata judeu Sheldon Adelson, que primeiro financiou a campanha do então pré-candidato republicano Newt Gingrich, e que agora tem a intenção de doar cerca de US $ 100 milhões para eleger Romney.

 

2)  Há uma convenção entre os políticos dos EUA que diz que mesmo os candidatos da oposição em campanha não devem criticar o presidente atual em solo estrangeiro. Romney não cumpriu esse acordo e usou sua viagem para atacar Barack Obama em Jerusalém.

 

3) Ao declarar preferência por Romney, o primeiro ministro de Israel, Binyamin Netanyahu, está interferindo em uma assunto doméstico dos EUA: as eleições.

 

4) Romney não compactua com a ideia da solução de dois Estados (Palestina e Israel) que respeite as fronteiras delimitadas em 1967 para dar fim ao impasse entre Israel e seus vizinhos palestinos. Romney também não pensa em impedir Israel de anexar territórios palestinos. Isso representa um mau presságio para o futuro das negociações de paz caso Romney chegue à Casa Branca.

 

5) Romney não visitou Mahmoud Abbas, presidente da Autoridade Nacional Palestina, nem incluiu em sua viagem uma visita a qualquer acampamento palestino.

Fontes:
The Guardian-Ten reasons Mitt Romney's Israel visit is in bad taste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Luiz C. A. Guterres disse:

    Romney não é nada diferente de George W. Bush. O Mundo que se prepare, principalmente a Palestina.
    Esse cara é louco ou mto sem vergonha, um oportunista e sem ética.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *