Início » Vida » Ciência » Civilização Maia entrou em colapso por causa da seca, diz estudo
Enigma histórico

Civilização Maia entrou em colapso por causa da seca, diz estudo

Estudo feito por geólogos da Rice University, EUA, acaba de reforçar uma das principais teorias para o desparecimento dos Maias: a seca

Civilização Maia entrou em colapso por causa da seca, diz estudo
O desaparecimento dos Maias ainda é um mistério para arqueólogos (Reprodução/Archeology Virginia)

Os Maias eram uma civilização dotada de amplo conhecimento em matemática, física, agricultura e artes. Eles dominavam a escrita em hieróglifos e tinham um complexo sistema econômico.

Esta foi provavelmente a mais antiga das civilizações pré-colombianas, porém perdeu em desenvolvimento se comparada aos Incas e aos Astecas. Habitaram nas florestas tropicais, atualmente localizadas nas regiões da Guatemala, Honduras e Península de Yucatán (México).

Hoje, mais de mil anos depois, o desaparecimento dos Maias ainda é um mistério para arqueólogos. A principal questão é: o que levou uma civilização tão inteligente a entrar em colapso e desaparecer?

Um novo estudo, feito por cientistas da Rice University, nos EUA, acaba de reforçar uma das principais teorias para o desparecimento dos Maias: a seca.

Para medir os efeitos da seca na região, o geólogo Andre Droxler, líder do estudo, analisou os minerais depositados a mil metros de profundidade no Grande Buraco Azul, uma caverna subaquática localizada na costa do Belize.

A ideia de Droxter era analisar a taxa de alumínio e titânio presente nas amostras retiradas da caverna. Isso porque, em períodos de fortes chuvas, o titânio das rochas vulcânicas da América Central é varrido direto para o Oceano Atlântico, fazendo do Grande Buraco Azul um enorme “balde” do mineral. Já em períodos de seca, menos titânio é depositado na caverna.

Ao analisar as amostras, a equipe de Droxter confirmou que a presença de titânio na caverna era mais baixa na época em que os Maias desapareceram. “A equipe concluiu que no período entre 800 d.C. e 1.000d.C., quando os Maias desapareceram, a presença de titânio nas amostras era muito baixa”, disse Droxter.

Esta não é a primeira evidência de que a seca pode ser a causa do desaparecimento dos Maias. Em 2012, um estudo publicado na revista Nature analisou estalagmites do Grande Buraco Azul e concluiu que um grande período de seca coincidiu com o declínio da civilização Maia.

Fontes:
The Washington Post-More evidence Mayan civilization collapsed because of drought

2 Opiniões

  1. iosouza disse:

    Vitafer, Os incas desapareceram com a chegada dos espanhóis, depois de guerras civis por sucessão e divisão, o império estava enfraquecido e dividido, os espanhóis tiveram facilidade para submetê-los.

  2. Vitafer disse:

    E os aztecas e incas, como desapareceram?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *