Início » Internacional » Combustível nuclear começa a ser retirado de reator de Fukushima
JAPÃO

Combustível nuclear começa a ser retirado de reator de Fukushima

Trabalho de remoção deve durar até 2021. Usina nuclear de Fukushima entrou em colapso em 2011, causando o êxodo de milhares de pessoas

Combustível nuclear começa a ser retirado de reator de Fukushima
Todo o trabalho está sendo feito remotamente (Foto: Reprodução/Tepco)

A Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco, em inglês) iniciou nesta segunda-feira, 15, a remoção de combustível do reator 3 da Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, que colapsou em março de 2011. O trabalho deve durar até março de 2021.

Ao todo, a piscina do reator 3 conta com 566 conjuntos de combustível, sendo 514 usados e 52 não utilizados. Todos os conjuntos serão removidos da piscina do reator 3 e transferidos para uma piscina de uso comum. Segundo um comunicado da Tepco, já foram removidos quatro conjuntos. “O processo foi concluído com segurança sem quaisquer problemas”, informou a empresa.

Todo o trabalho está sendo feito remotamente devido ao alto nível de radiação dentro da usina nuclear, que entrou em colapso depois que um terremoto, seguido de maremoto, atingiu o nordeste do Japão em 2011.

Durante o colapso, o reator 3 ficou sem energia e não pôde ser resfriado. Por causa disso, uma grande quantidade de hidrogênio foi gerada e causou uma explosão na parte superior do prédio do reator, fazendo com que detritos fossem espalhados pelo local.

Por isso, o trabalho no reator 3 foi iniciado em 2013, com a remoção dos entulhos e detritos deixados pela explosão. Este processo só foi concluído em novembro de 2015. Em junho de 2016, a descontaminação do chão operacional do edifício do reator foi completada. Em seguida, em dezembro do mesmo ano, foi construído e instalado um escudo para conter a radiação. A partir daí, foram instalados outros equipamentos, como máquinas de manuseios e guindastes, para o trabalho de remoção de combustível começar a ser preparado.

Antes do início do trabalho de remoção, o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, visitou a usina nuclear, no último sábado, 14. O chefe de Estado garantiu que todo o trabalho de em Fukushima Daiichi será feito para que Fukushima possa se recuperar completamente.

Leia mais: Residentes começam a retornar à cidade próxima de Fukushima

Leia mais: Greenpeace denuncia alta radiação em áreas de Fukushima

Leia mais: Robô chega ao combustível derretido de Fukushima

Fontes:
The Guardian-Fukushima: removal of nuclear fuel rods from damaged reactor building begins
NHK-Tepco começa a retirar combustível nuclear do reator 3 da usina Fukushima 1

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *