Início » Internacional » Como o peru se tornou uma ave consumida mundialmente
Ceia de natal

Como o peru se tornou uma ave consumida mundialmente

Um dos principais pratos da ceia de Natal, o peru é considerado uma ave exótica em vários países

Como o peru se tornou uma ave consumida mundialmente
Atualmente, o peru está presente em qualquer prateleira de supermercado (Reprodução/Internet)

Amplamente consumido no Natal, o peru é considerado uma ave exótica em vários países, mas sua origem, para alguns ainda é desconhecida.

Extinto no mundo selvagem, o peru se tornou uma ave domesticada. Antigamente, ele vivia livre no México, onde alguns parentes selvagens da ave ainda vivem.  Antes dos espanhóis levarem a ave para a Europa, ela foi domesticada pelos astecas.

Quando o explorador espanhol Hérman Cortés encontrou tribo asteca de Moctezuma, percebeu que eles tinham um grande apreço pelo consumo do peru. Meses antes de ser dizimada pelos colonizadores, a tribo os presenteou com 1.500 exemplares de peru.

O peru se tornou uma ave global e chegou à Europa entre os séculos XV e XVI, um momento muito importante da história mundial. Na época, o território europeu passava por profundas transformações. Em 1612, quase um século após a viagem de Cortés ao continente americano, os portugueses venderam exemplares da ave para o imperador mongol Jahangir, que considerava a ave especialmente exótica.

Atualmente, o peru está presente em qualquer prateleira de supermercado e é consumido em datas variadas, como o dia de Ação de Graças americano e o Natal em vários países.

Fontes:
The Economist-The flight of the turkey

1 Opinião

  1. Roberto Henry Ebelt disse:

    Considerar EXÓTICA uma espécie não faz sentido: ou ela é exótica (alienígena) ou não é exótica (indígena).
    O único lugar do mundo onde o peru NÃO É UMA ESPÉCIE EXÓTICA é o México de onde ele surgiu.
    No resto do mundo o PERU é uma ave exótica (ALIENÍGENA).
    Ponto final.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *