Início » Internacional » Companhias aéreas suspendem voos sobre o Sinai
ACIDENTE AÉREO

Companhias aéreas suspendem voos sobre o Sinai

Lufthansa e Air France-KLM decidem evitar a região até que se esclareça a causa da queda de avião russo

Companhias aéreas suspendem voos sobre o Sinai
De acordo com as declarações de seus porta-vozes, as companhias resolveram evitar a região por razões de segurança (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Após a queda de uma aeronave russa da companhia KogalimAvia, que levava 224 passageiros, no último sábado, 31, duas das maiores companhias aéreas da Europa decidiram suspender os voos sobre a Península do Sinai enquanto não se esclarecem as causas do acidente.

De acordo com as declarações de seus porta-vozes, as companhias resolveram evitar a região por razões de segurança.

Segundo confirmação do governo egípcio, as caixas-pretas do avião russo foram recuperadas e serão analisadas por especialistas. O Airbus 321, que perdeu contato com os radares 23 minutos após deixar o balneário de Sharm el-Sheikh para São Petersburgo.

Apesar das autoridades apontarem que não há indícios de que o avião tenha sido abatido, o ramo egípcio do Estado Islâmico disse, por meio de uma rede social, ser o responsável pelo acidente, mas não deu detalhes sobre como teria realizado o atentado.

O ministro dos Transportes russo disse à agência de notícias Interfax que a reivindicação “não pode ser considerada precisa”. “Estamos em contato com nossos colegas egípcios e as autoridades aéreas desse país. Por ora, não dispomos de qualquer confirmação sobre esta reivindicação”, disse o ministro Maxime Sokolov. O porta-voz da agência de Aviação Civil da Rússia, Alexander Nerdko, por sua vez, pediu que não fossem tiradas conclusões precipitadas sobre os motivos que causaram o acidente. “Antes de mais nada, queremos estudar os destroços do avião, o que poderá dizer muito sobre o que aconteceu: se a aeronave se destruiu no ar, se houve um incêndio, se ele se chocou contra uma montanha ou qualquer outra situação”, disse.

 

Fontes:
O Globo-Lufthansa e Air France-KLM suspendem voos sobre o Sinai
O Estado de S. Paulo-Companhias aéreas suspendem rotas que passam pelo Sinai

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *