Início » Internacional » Confronto na Turquia no Dia do Trabalho
Protestos

Confronto na Turquia no Dia do Trabalho

Manifestantes jogaram pedras e garrafas, enquanto a polícia turca revidou com bombas de gás lacrimogênio e canhões de água; outras manifestações também aconteceram ao redor do mundo

Confronto na Turquia no Dia do Trabalho
Manifestantes turcos desafiaram a proibição de marchar na praça Taksim, no centro de Istambul (Reprodução/Wikipedia)

Nesta sexta-feira, 1º de maio, manifestantes turcos desafiaram a proibição de marchar na praça Taksim, no centro de Istambul. Em resposta, a polícia revidou com bombas de gás lacrimogênio e canhões de água para dispersar a multidão.

De acordo com informações da agência de notícias Reuters, a polícia tentava buscar manifestantes que jogavam pedras, garrafas e coquetel molotov contra os policiais.

Críticos dizem que o presidente Tayyip Erdogan e o governo ficaram mais autoritários com a aproximação das eleições em junho.

“As pessoas querem expressar seus problemas, mas o governo não quer que esses problemas sejam ouvidos antes das eleições”, disse Mahmut Tanal, político da oposição, segurando um livro de bolso da Constituição turca, em Istambul.

Ao redor do mundo

Em várias partes do mundo ativistas vão às ruas por direitos trabalhistas em tempos de austeridade. Em Teerã, o protesto reuniu milhares de operários que exigem melhores condições de trabalho e a preferência nacional na contratação.

Na Coreia do Sul, dezenas de milhares de trabalhadores participaram das manifestações. Na Grécia, milhares de pessoas se reuniram no centro de Atenas para protestar contra as medidas de austeridade impostas pela UE. Na Espanha, os sindicatos convocaram protestos em 80 cidades. Na Rússia, a expectativa é de que os protestos reúnam 2,5 milhões de pessoas em todo o país.

Fontes:
G1-Marcha pelo Dia do Trabalho tem confronto na Turquia
Reuters-Turkish police fire tear gas, water cannon at May Day protesters

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *