Início » Internacional » Conselho de Segurança da ONU aprova proposta sobre paz na Síria
Conflito

Conselho de Segurança da ONU aprova proposta sobre paz na Síria

Trata-se do primeiro plano político relativo ao conflito sírio em que todos os países membros do Conselho conseguem chegar a um acordo

Conselho de Segurança da ONU aprova proposta sobre paz na Síria
O conflito sírio já deixou mais de 250 mil mortos e 12 milhões de refugiados (Foto: Wikimedia)

Uma proposta para iniciar um plano de paz na Síria foi aprovada por unanimidade pelo Conselho de Segurança da ONU. Trata-se do primeiro plano político relativo ao conflito sírio em que todos os países membros do conselho conseguem chegar a um acordo, inclusive a Rússia, que no passado vetou outras resoluções sobre o país. Agora, temas como transição política, reconstrução, combate ao terrorismo e legalidade de grupos envolvidos na guerra civil vão poder ser discutidos.

A declaração de 16 pontos redigida pela França era objeto de negociações desde o mês passado, quando o representante especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, apresentou sua nova proposta para os diálogos de paz no conselho.

Apenas a Venezuela se absteve de celebrar o acordo. O país, que tem boas relações com a Síria, afirmou discordar de partes do plano que pedem uma transição política para acabar com uma guerra que já dura quatro anos. O embaixador Rafael Ramírez disse que a proposta de buscar transição de poder “abre um perigoso precedente contra o direito de decisão dos próprios sírios”.

Enquanto isso, pelo menos 110 pessoas foram mortas perto de Damasco no último domingo, 16, em ataques aéreos realizados pelo regime de Bashar al-Assad a um mercado na cidade de Duma. A informação é do Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), que monitora o conflito no país.

O conflito sírio já deixou mais de 250 mil mortos e 12 milhões de refugiados.

 

 

Fontes:
O Globo-Conselho de Segurança da ONU aprova proposta de plano de paz para a Síria
Zero Hora-Conselho de Segurança da ONU apoia novo plano de paz para a Síria

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *