Início » Internacional » Conselho de Segurança da ONU vai se reunir após ataque na Síria
TENSÃO ELEVADA

Conselho de Segurança da ONU vai se reunir após ataque na Síria

Diplomatas russos pediram a reunião extraordinária, após os EUA realizarem um ataque na Síria, com apoio do Reino Unido e da França

Conselho de Segurança da ONU vai se reunir após ataque na Síria
Míssil americano na Síria (Foto: Hassan Ammar / AP)

Neste sábado, 14, o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) deve se reunir para discutir os ataques na Síria, a pedido de diplomatas russos. No encontro extraordinário, representantes da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) vão ouvir autoridades dos Estados Unidos, Reino Unido e França sobre os ataques na Síria.

O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, expressou apoio à ação coordenada com alvo nas instalações sírias de armas químicas, que ocorreu na última sexta-feira, 13.

Os Estados Unidos realizaram um ataque na Síria, em resposta ao suposto ataque com armas químicas do último sábado, 9, contra Douma, na região de Ghouta Oriental. Na ocasião, os Estados Unidos e diversos países ocidentais culparam o regime de Bashar al-Assad pelo ataque.

O presidente americano, Donald Trump, disse, em pronunciamento pela TV, que os ataques tiveram o apoio militar da França e do Reino Unido. Segundo a CNN, o ataque aconteceu a partir de navios e aviões de combate, que não entraram no espaço aéreo sírio. De acordo com a Reuters, foram usados mísseis de longo alcance Tomahawk. Os alvos, segundo secretário da Defesa americano, James Mattis, foram um centro de pesquisa em Damasco e duas instalações que serviriam para estocar armas químicas em Homs, uma das quais guardaria estoques de gás sarin.

O embaixador russo nos Estados Unidos, Anatoly Antonov, afirmou, em comunicado, que o ataque “não ficará sem consequências”.

 

 

Fontes:
O Globo-Trump ataca a Síria, apoiado por Reino Unido e França
Folha de S.Paulo-Após ataques na Síria, Conselho de Segurança da ONU se reunirá a pedido de Rússia
Estadão-Trump ordena ataque à Síria em resposta a uso de armas químicas

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *