Início » Internacional » Conselho de Segurança está falhando na Síria, admite Ban Ki-moon
ONU

Conselho de Segurança está falhando na Síria, admite Ban Ki-moon

Secretário-geral da ONU pede que Rússia e China ‘olhem para além do interesse nacional’

Conselho de Segurança está falhando na Síria, admite Ban Ki-moon
Secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon (Fonte: Reprodução/CTBTO/Flickr)

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, admitiu que o Conselho de Segurança das Nações Unidas está falhando na Síria por causa de grandes divisões de poder que têm impedido ações para acabar com o conflito. A questão já custou centenas de milhares de vidas, além de ter impulsionado o maior êxodo de refugiados em uma geração.

O secretário-geral da ONU disse ao Guardian que a Rússia e a China devem “olhar além do interesse nacional” e parar de bloquear a ação do Conselho de Segurança sobre o conflito na Síria, já que o fluxo de refugiados para a Europa atinge níveis sem precedentes.

“Nós precisamos de um pouco de solidariedade, particularmente entre os membros permanentes do Conselho de Segurança”, disse ele em uma entrevista.

Embora Ban não tenha mencionado diretamente a Rússia e a China, os dois países têm bloqueado em várias ocasiões resoluções críticas ao governo sírio, ameaçando sanções, por exemplo. No ano passado, Moscou e Pequim também vetaram um movimento apoiado pelos 13 outros membros permanentes e não-permanentes do Conselho de Segurança para que o conflito sírio seja investigado pelo tribunal penal internacional.

 

Fontes:
The Guardian-UN security council is failing Syria, Ban Ki-moon admits

1 Opinião

  1. jayme endebo disse:

    Este Ban é um verdadeiro inútil, somente agora que ele viu a inutilidade do Conselho? Este conselho está contaminado de esquerdopatas, antissemitas, cabide de empregos e corruptos que recebem benefícios das ditaduras monárquicas, civis e militares do mundo afora. Pede pra sair e vai de fininho que ninguém vai notar.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *