Início » Internacional » Coreia do Norte afirma que reativou complexo nuclear
Ameaça nuclear

Coreia do Norte afirma que reativou complexo nuclear

A declaração ocorreu um dia depois de o país anunciar o lançamento de um foguete de longa distância

Coreia do Norte afirma que reativou complexo nuclear
Governada desde 1948 pela dinastia Kim, a Coreia do Norte mantém sob segredo seu programa nuclear sob o pretexto de exercer seu direito soberano à defesa (Foto: Flickr/Peter Stevens)

Nesta terça-feira, 15, a Coreia do Norte anunciou que começou a operar de novo o complexo de Yongbyon, onde está localizado o reator nuclear considerado como a principal fonte de plutônio do regime para abastecer seu programa de desenvolvimento de armas atômicas. A declaração ocorreu um dia depois de o país anunciar o lançamento de um foguete de longa distância.

Leia mais: Coreia do Norte pode estar expandindo arsenal nuclear

De acordo com a agência estatal de notícias KCNA, o complexo de Yongbyon está “plenamente em operação” e melhorou “em qualidade e em quantidade seu arsenal de armas nucleares”.

O diretor do Instituto de Energia Atômica norte-coreana, que não teve seu nome revelado, afirmou que a Coreia do Norte está totalmente preparada para fazer frente à hostilidade dos Estados Unidos com “armas nucleares a qualquer momento”.

O gesto deve agravar o isolamento do regime norte-coreano em relação ao resto do mundo. Além disso, ele é visto como uma tentativa do ditador Kim Jong-un de pressionar os Estados Unidos a entrar em negociações para abrandar as sanções que prejudicam a economia do país.

Governada desde 1948 pela dinastia Kim, a Coreia do Norte mantém sob segredo seu programa nuclear sob o pretexto de exercer seu direito soberano à defesa. Ao longo das últimas décadas, o regime realizou três testes atômicos e afirmou várias vezes ter desligado ou reativado suas instalações nucleares.

Satélite

Segundo o diretor da Administração Nacional para o Desenvolvimento Aeroespacial, em nota divulgada pela KCNA, o país está na fase final de desenvolvimento de um novo satélite de observação da Terra para a previsão do tempo e outros objetivos.

A operação é considerada um ensaio para o lançamento de mísseis, o que poderia gerar um novo conflito com a comunidade internacional. O lançamento deve acontecer no aniversário do Partido Comunista no próximo mês.

Fontes:
O Globo-Coreia do Norte anuncia reativação de instalação nuclear
EBC-Coreia do Norte anuncia reativação de reator nuclear
Folha de S. Paulo-Coreia do Norte diz que reativou reatores para fazer bombas atômicas

1 Opinião

  1. Roberto Henry Ebelt disse:

    No que diz respeito a Coréia do Norte, depois de ler o artigo sobre os problemas de demissão em massa de jornalistas, uma grande reportagem seria aquela que explicasse quem é que detém realmente o poder neste país. O jovem bufão que apresentam como cabeça do regime não parece ser o líder. Quem é o verdadeiro manda-chuva da Coréia do Norte?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *