Início » Internacional » Coreia do Norte ameaça atacar bases militares dos EUA
'Alcance de tiro'

Coreia do Norte ameaça atacar bases militares dos EUA

Pyongyang afirmou que 'reagirá as bombas do inimigo com um ataque nuclear mais poderoso'

Coreia do Norte ameaça atacar bases militares dos EUA
Míssil norte-coreano (Fonte: Reprodução/A Bola)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O governo norte-coreano ameaçou nesta quinta-feira, 21, atacar as bases militares norte-americanas no Japão e em Guam. O possível ataque seria uma resposta às manobras militares conjuntas dos EUA com a Coreia do Sul.

Leia também: Coreia do Norte aumenta a tensão contra seus inimigos
Leia também: Coreia do Norte aponta ilha sul-coreana como primeiro alvo
Leia também: Aumenta a tensão entre as Coreias

Em comunicado transmitido pela agência oficial norte-coreana KCNA, o comando supremo do Exército de Pyongyang alertou que “os EUA não devem esquecer que a base aérea de Anderson, em Guam, de onde decolam os (bombardeios) B-52, do mesmo modo que as bases navais na ilha principal do Japão e em Okinawa, estão no nosso alcance”.

‘Provocação imperdoável’

Ainda de acordo com o comunicado, a Coreia do Norte “reagirá às bombas do inimigo com um ataque nuclear mais poderoso”.

Nesta quarta-feira, 20, o regime norte-coreano afirmou também que o voo de treinamento dos bombardeios norte-americanos B-52 sob o espaço aéreo sul-coreano “é uma provocação imperdoável”, prometendo uma “forte ação de resposta militar” pelo desdobramento dos B-52 no país vizinho.

Fontes:
G1 - Coreia do Norte coloca Exército em alerta e ameaça bases dos EUA
Terra - Coreia do Norte põe em seu "alcance de tiro" bases dos EUA no Japão e em Guam

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. Samuel disse:

    Não creio que a Coréia do Norte tenha condições de levar a efeito qualquer guerra em escala, muito menos contra os Estados Unidos, portanto acredito que, como sempre, o anúncio veiculado na agência noticiosa KNCA não passa de provocação e insulto gratuitos. Mas devemos convir que todas as agências de notícias ocidentais “pro capitalista” fazem questão de alardear o assunto de acordo com sua interpretação, tendo em vista que a Coréia do Norte é declaradamente anti-capitalista e praticamente todo jornalismo sobrevive às custas da exploração capital, como é caso da referida fonte G1 das Organizações Globo.

  2. Andre Ricardo Cruz Fontes disse:

    A questão coreana deveria ser tratada como um problema mundial e não na sua relação bilateral entre o norte e o sul da península. O arsenal atômico norte-coreano e a fome de seu povo são dois fatores importantes para desencadear conflitos entre as duas Coreias, entre os vizinhos e envolver todos os países do mundo. Por muito menos, sanções internacionais recaíram sobre povos inteiros, e, em alguns casos, até intervenções (justificáveis ou não) da ONU foram vistas como forma de solução. Esperamos que iniciativas efetivas e seguras sejam tomadas para por fim a grande ameaça atômica coreana.

  3. Carlos U. Pozzobon disse:

    Vem aí um novo Pearl Harbor. Só não sabemos o dia, mas pelo visto, a Coréia do Norte já se sente suficientemente autoconfiante para iniciar uma guerra contra o sul. Isso sempre ocorre depois de se estabelecer uma política de socorro alimentar. Foi assim com a Rússia no pós-coletivização forçada da agricultura em que o socorro do Ocidente reforçou a política repressiva de Stalin. Cuba está sendo sustentada pela Venezuela, mas tem data para expirar, uma vez que esta já está com carência de alimentos.

    Os norte-coreanos sequer desconfiam da capacidade precisa de bombardeio dos mísseis ocidentais. Preferem acreditar na fantasia de seus amados líderes. Se a China não for neutralizada logo, a situação pode ter desdobramentos desagradáveis.

  4. Salvio Pessoa disse:

    Esse coreanozinho de m* tinha era que levar umas palmadas na bunda, pra deixar de ser fresco. O que ele quer é se exibir e chamar a atençaõ do mundo para a sua figura ridícula. Apenas um “rato que ruge”. O único foguete que ele pode disparar é um peido fedorento e nada mais. Quem viver verá.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *