Início » Internacional » Coreia do Norte executa ministro da Defesa
tiro de bateria antiaérea

Coreia do Norte executa ministro da Defesa

Hyon Yong-chol teria sido executado por dormir em evento com o presidente norte-coreano, Kim Jong-un

Coreia do Norte executa ministro da Defesa
Hyon Yong-chol foi executado com tiro antiaéreo (Fonte: Reprodução/AFP)

O serviço secreto da Coreia do Sul revelou nesta quarta-feira, 13, que o ministro da Defesa da Coreia do Norte foi executado por ter mostrado deslealdade ao presidente norte-coreano, Kim Jong-un.

Hyon Yong-chol teria sido executado no dia 30 de abril com um tiro de bateria antiaérea em frente a centenas de pessoas.

Ainda de acordo com a agência de Inteligência de Seul, Hyon teria adormecido durante um evento com Kim Jong-un e respondido de forma inadequada ao líder supremo da Coreia do Norte em várias ocasiões.

Em entrevista à BBC, analistas disseram que a troca de ministros é algo comum na Coreia do Norte, porém a execução de uma autoridade tão próxima ao presidente surpreende e gera temores sobre a estabilidade do país.

Mike Madden, do grupo North Korea Leadership Watch, que monitora o governo norte-coreano, afirmou que a suposta execução do ministro da Defesa é uma “demonstração de poder e autoridade” e um sinal de que Kim Jong-un “não se sente seguro”.

Fontes:
BBC Brasil - Ministro da Defesa da Coreia do Norte é 'executado com tiro antiaéreo'

1 Opinião

  1. Hugo Leonardo Filho disse:

    Foi morto porque cochilou e respondeu mal para o chefe? Não creio, penso é que poderia ter havido uma tentativa fracassada de golpe. Não acredito que todos os coreanos do norte são idiotas e ainda não viram que seu líder é um energúmeno.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *