Início » Internacional » Coreias prometem assinar acordo de paz
ENCONTRO HISTÓRICO

Coreias prometem assinar acordo de paz

Em encontro histórico, os lideres dos dois países também concordaram em buscar a desnuclearização da península

Coreias prometem assinar acordo de paz
Kim Jong-un e Moon Jae-in afirmaram que 'o Norte o Sul vão cooperar ativamente para estabelecer um sistema de paz permanente e estável na Península Coreana' (Fonte: Reprodução/Reuters)

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, comprometeram–se nesta sexta-feira, 27, a assinar um tratado de paz definitivo para acabar com a guerra entre os dois países.

Leia também: Kim Jong-un atravessará fronteira com a Coreia do Sul a pé

Em declaração conjunta que ocorreu durante um encontro histórico em Panmunjon, uma zona desmilitarizada entre os dois países, Moon Jae-in e Kim Jong-un afirmaram que “o Norte e o Sul vão cooperar ativamente para estabelecer um sistema de paz permanente e estável na Península Coreana”.

Os dois líderes também concordaram em buscar a desnuclearização da península. Em seu discurso, Kim Jong-un afirmou que se esforçará para “conseguir a paz na península e para cumprir o escrito na declaração”, sem mencionar, no entanto, o termo “desnuclearização” ou o programa nuclear norte-coreano.

Já o presidente da Coreia do Sul anunciou uma visita a Pyongyang em outubro. Caso a promessa se confirme, Moon Jae-in será o terceiro presidente sul-coreano a visitar a capital norte-coreana.

Entre os principais compromissos assumidos pelas Coreias estão o fim de atos hostis entre os dois países por terra, ar e mar; a transformação da área desmilitarizada em zona de paz; a participação conjunta em eventos esportivos; um esforço para solucionar as questões humanitárias que surgiram com a divisão dos dois países; a continuidade de um programa de reencontro para famílias separadas pela guerra; e a manutenção de diálogos, negociações e cooperação.

Fontes:
EBC - Coreias se comprometem a agir para conseguir 'paz permanente'

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *