Início » Internacional » Cotas para levá-las ao poder
Mulheres na política

Cotas para levá-las ao poder

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Pode-se reservar para elas um certo número de assentos no parlamento, ou obrigar os partidos políticos a registrarem uma porcentagem mínima de candidatas. São as chamadas "cotas baseadas no gênero".

É algo que está se tornando popular. Cerca de 110 países têm regras para ajudar as mulheres a alcançarem cargos eletivos. É uma tendência principalmente entre países onde a lei pode ajudar a superar preconceitos, como no Afeganistão, Iraque e Sudão.

Porém, mesmo em lugares como a União Européia — provavelmente o melhor lugar do mundo em termos de direitos das mulheres — a questão provoca polêmica. No Parlamento Europeu, uma eurodeputada alemã vem defendendo que metade de todos os altos cargos da União Européia sejam reservados para as mulheres.

Fontes:
Economist - Women rising

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *