Início » Vida » Comportamento » Cozinheiro-robô deve chegar ao mercado em 2017
Inovação

Cozinheiro-robô deve chegar ao mercado em 2017

Um protótipo da ideia tem demonstrado suas proezas culinárias em público, com a preparação de uma deliciosa bisque de caranguejo.

Cozinheiro-robô deve chegar ao mercado em 2017
A princípio o robô poderá preparar diversos pratos (Reprodução/Divulgação/Moley Robotics)

Algumas pessoas gostam de colocar um avental e cozinhar o jantar. Outras detestam cozinhar e delegam a função à família ou aos amigos, ao forno de micro-ondas, ou, na falta desses recursos, ao serviço de entrega de refeições em domicílio. Mas segundo Mark Oleynik, um cientista e engenheiro russo sediado em Londres, seu projeto de fabricar um cozinheiro-robô tão competente como um chef Cordon Bleu, porém com um custo acessível a uma família de classe média, revolucionará o conceito das cozinhas tradicionais. Um protótipo de sua ideia, exibido esta semana em uma feira de produtos industriais em Hanover, Alemanha, tem demonstrado suas proezas culinárias em público, com a preparação de uma deliciosa bisque de caranguejo.

Aparelhos sofisticados de cozinha, como Thermomix, fabricado pela empresa alemã Vorwerk, não são mais novidade. Mas esses utensílios são apenas processadores de alimentos cheios de truques sofisticados. Oleynik tem uma ideia diferente. Em vez de fabricar um processador de alimentos com funções complexas, ele tem a intenção de fazer com que sua máquina se assemelhe a uma minicozinha equipada com aparelhos e utensílios convencionais. Em princípio, a minicozinha poderá ser usada para preparar diversos pratos. As duas mãos robóticas presas ao teto estarão programadas para juntar os ingredientes, misturá-los e cozinhá-los em panelas e frigideiras em um fogão ou no forno. Assim que o prato estiver pronto, as mãos irão servi-lo com um requinte de um chef profissional.

As mãos do cozinheiro-robô fabricadas pela empresa inglesa Shadow Robot, que forneceu mãos semelhantes a várias organizações de pesquisa, entre as quais a agência espacial dos Estados Unidos, Nasa, têm o mesmo tamanho das mãos de um ser humano, com dedos e polegares articulados. Equipes de pesquisadores da Universidade de Stanford, na Califórnia, e da Sant’Anna School of Advanced Studies, em Pisa, Itália, também trabalharam na execução do projeto. A empresa de Mark Oleyniky, Moley Robotics, espera colocar à venda seu primeiro modelo comercial em 2017, com um preço em torno de £10,000 (US$15,000).

Fontes:
Economist-Robochef gets cooking

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *