Início » Internacional » Crianças estão consumindo sal em excesso, diz estudo
acima do limite

Crianças estão consumindo sal em excesso, diz estudo

De acordo com os pesquisadores, pães e cereais são os principais responsáveis pelo consumo acima do limite diário recomendado por médicos

Crianças estão consumindo sal em excesso, diz estudo
Estudo também revelou que os meninos ingerem mais sal do que as meninas (Reprodução/Guardian)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Um estudo feito por pesquisadores da Queen Mary University of London, Grã-Bretanha, revelou que crianças e adolescentes estão consumindo sal acima da quantidade diária recomendada por médicos. O estudo foi publicado no periódico especializado American Heart Association.

O estudo mostrou que crianças de cinco a seis anos estão ingerindo cerca de 3,75g de sal, 0,75g a mais do que os 3g recomendados para a idade. Já os adolescentes entre 13 a 17 anos estão consumindo 7,55g de sal, o que excede em 1,5g o limite diário de 6g para a idade. O estudo também revelou que os meninos ingerem mais sal do que as meninas.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores examinaram a urina diária de 340 crianças e adolescentes, que também foram orientados a manter um diário sobre sua alimentação diária e a tirar fotos das refeições. Os dados anotados e fotografados também foram analisados.

De acordo com os pesquisadores, pães e cereais são os principais responsáveis pelo aumento na ingestão de sal: 36% do sal ingerido acima do limite provêm desses alimentos. A carne fica em segundo lugar, sendo responsável por 19%. Já os laticínios respondem por 11% do sal consumido acima do limite.

Os pesquisadores alertaram que o consumo excessivo de sal é um dos principais fatores que contribuem para o desenvolvimento de pressão alta, doenças cardiovasculares e AVC. “Sabemos que o sal começa a afetar a pressão sanguínea já a partir do primeiro ano da criança. É preciso um esforço muito grande para reduzir o nível de sal nos alimentos”, diz Graham MacGregor, autor do estudo.

No ano passado, pela primeira vez, a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomendou limites de consumo de sal para crianças. De acordo com o órgão, pessoas de todo o mundo estão ingerindo quase o dobro do limite recomendado.

Fontes:
The Guardian-Children eating unhealthy amount of salt, study says
G1-OMS divulga novas orientações para consumo diário de sal e potássio

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *