Início » Internacional » Crimes na internet
Ladrões na noite

Crimes na internet

Os crescentes ataques cibernéticos dos ladrões noturnos estão testando a polícia

Crimes na internet
A Grã-Bretanha poderá ser duramente atingida pelo crime cibernético (Reprodução/Alamy)

A incidência de crimes tem diminuído na Grã-Bretanha desde meados da década de 1990, assim como na maioria dos países desenvolvidos. Os roubos de carros caíram para 79% a partir de 1995 e os arrombamentos de casas para 67%. A diminuição é resultado em parte da tecnologia; os mecanismos que impedem o funcionamento do motor dos automóveis e os alarmes residenciais dificultaram a prática desses crimes. O uso crescente de câmeras de segurança e bancos de dados de DNA facilitou a captura de criminosos, e os lucros dos roubos diminuíram porque os aparelhos eletrônicos estão muito baratos. O índice de queda dos crimes acompanhou os cortes recentes no orçamento da polícia. Em 2015, a coalizão do governo pretende cortar 20% do orçamento. Nesse ínterim, o crime começou a ser praticado on-line.

A Grã-Bretanha poderá ser duramente atingida pelo crime cibernético, disse Charlie McMurdie, um especialista em segurança da informação da empresa de consultoria PricewaterhouseCoopers (PWC). É um país rico, tem uma ótima infraestrutura de circulação de dinheiro, além de um alto nível tecnológico. Mais de 60% da população usa smartphones. Mas de 80% das famílias inglesas têm conexão de Internet.  Entre essas famílias três quartos fazem compras on-line. Segundo a PWC, 69% das empresas na Grã- Bretanha tiveram um ataque de hackers no ano passado, uma incidência maior do que o índice de 59% dos ataques cibernéticos no mundo inteiro.

Fontes:
The Economist-Thieves in the night

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *