Início » Internacional » A crise dos ovos contaminados por pesticida
'FIPRONIL'

A crise dos ovos contaminados por pesticida

Problema já foi detectado em 15 países da União Europeia, Suíça e Hong Kong

A crise dos ovos contaminados por pesticida
Primeiro alerta foi feito pela Bélgica (Fonte: Reprodução/Reuters)

Desde que a Bélgica alertou as autoridades de que havia detectado ovos contaminados pelo pesticida Fipronil, o que aconteceu no último dia 20 de julho, a chamada “crise dos ovos contaminados” ganhou força e se espalhou por vários outros países da União Europeia.

Nesta quinta-feira, 10, a Comissão Europeia informou que o problema já foi registrado em 15 países da União Europeia, na Suíça e em Hong Kong. De acordo com um porta-voz da Comissão Europeia, Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, França, Holanda, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Polônia, Reino Unido, Romênia e Suécia são os países da UE atingidos pela crise.

Dias depois do alerta feito pela Bélgica, a Holanda advertiu que a quantidade de Fipronil encontrada em alguns lotes de ovo era superior aos limites autorizados e poderia representar um perigo para a saúde. Vários produtores de ovos estão sendo investigados nos dois países.

O uso de Fipronil, um pesticida indicado para eliminar ácaros e insetos, é proibido em animais destinados ao consumo humano.

A Comissão Europeia ressaltou que vai convocar os países afetados pela crise dos ovos contaminados para “uma reunião de alto nível reunindo os ministros [dos países] visados e os representantes das agências de segurança alimentar de todos os Estados-membros implicados”.

Fontes:
Jornal de Notícias - Há ovos contaminados em 15 países da União Europeia, Suíça e Hong Kong
tvi 24 - Ovos contaminados: sobe para 15 o número de países afetados

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *