Início » Internacional » Curdos vão lançar contraofensiva contra Estado Islâmico
Retaliação

Curdos vão lançar contraofensiva contra Estado Islâmico

Sucessivas derrotas levaram militares do Curdistão iraquiano prometem vingança 'sem piedade'

Curdos vão lançar contraofensiva contra Estado Islâmico
Curdos sírios chegaram ao Iraque para reforçar as forças armadas do Curdistão iraquiano (Reprodução/internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Levando em conta o otimismo do comandante dos peshmerga (as forças armadas curdas), os ganhos territoriais dos islamitas do Estado Islâmico não durarão muito tempo. Nesta segunda-feira, 4, autoridades curdas informaram que as forças peshmerga planejam lançar uma contraofensiva contra os militantes do Estado Islâmico no norte do Iraque.

“Vamos ataca-los até destruí-los completamente. Não teremos misericórdia alguma”, assegura o coronel dos peshmerga, que não se identifica.

Os curdos atribuem as derrotas ao fato de terem suas forças descentralizadas. Com o envio de reforços, eles pretendem recuperar Mossul. “Penso que dentro de 48 a 72 horas poremos fim a isto”, diz o militar.

O grupo conta ainda com o apoio do PKK, o partido que luta há 30 anos pela autonomia dos curdos na Turquia. Em uma declaração em sua página na internet o PKK convocou curdos de todo o mundo a combater contra o Estado Islâmico.

Após terem ocupado Mossul, com pouca resistência por parte do exército do Iraque, os terroristas do grupo radical Estado Islâmico eliminaram os soldados curdos que já ocupavam várias cidades e aldeias no norte do Iraque, junto à fronteira com a Síria.

As últimas conquistas permitiram ao Estado Islâmico dominar cinco refinarias e a maior barragem do Iraque, que representam uma importante fonte de rendimento para o grupo.

Iraque oferece apoio aéreo a forças curdas

O primeiro-ministro do Iraque, Nuri al Maliki, ordenou nesta segunda-feira, 4,  que a aviação do país ajude as forças curdas (peshmergas) a conter o avanço do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) no Norte do país, informou Qassim Atta, um porta-voz do exército.


Fontes:
Renascença-Curdos preparam-se para contra-atacar os islamitas no Iraque

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *