Início » Cultura » De Roma para Florença
Conhecendo a Itália 2

De Roma para Florença

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Imaginando alugar um carro a partir de Roma e subindo para o norte em direção a Florença, existem vários lugares interessantes para se visitar. O primeiro seria Viterbo, a cerca de 100 km da capital, saindo da auto-estrada para a esquerda. Viterbo é uma cidade medieval, ainda cercada de sua muralha. O centro histórico pode ser percorrido a pé em uma hora, sem pressa.

Pouco ao norte de Viterbo, e à beira da auto-estrada, está Orvieto, bela cidade de origem etrusca. Conhecida também pelo seu vinho branco e pelo artesanato em cerâmica, a cidade é dotada de uma bela igreja, o "Duomo", de estilo romano-gótico, cuja construção foi iniciada em 1290. A sua fachada colorida é considerada a mais bonita do gótico italiano e o interior também é muito bonito. Vale a pena um passeio pelo centro histórico. Saindo da cidade para oeste, pela estrada S71, a quatro quilômetros a gente sobe uma colina e tem uma vista deslumbrante de Orvieto encarapitada em seu rochedo.

Em seguida, continuando vagamente para o norte mas agora desviando da auto-estrada para a direita, sugiro rumar para Assisi, como se chama em italiano a cidade de São Francisco de Assis (foto). ÉSão Francisco de Assis - Wikipedia uma pequena jóia. Ainda está de pé a basílica de São Francisco, consagrada em 1253. Não que seja tão bonita comparada com as grandes catedrais como São Pedro e outras, mas não deixa de ser emocionante ver um monumento tão antigo, do tempo de um santo que eu não sabia bem se era verdadeiro ou um mito, ao estilo de São Jorge, que nunca existiu. Vale a pena percorrer a pequena cidade inteira, o que não toma mais de meia hora a pé, admirar as pequenas casas e as ruas estreitas — parece uma cidade de bonecas. Mas não, é uma cidadezinha viva, há pessoas morando naquelas casas. Andando por entre essas ruazinhas, chega-se a compreender porque a Fiat fez sua fama fazendo carros tão pequenos: eram os únicos que podiam andar nesses lugares. Vale visitar também o Castelo Medieval.

Ligeiramente ao noroeste de Assisi, a uns 20 km, está Perugia. A cidade etrusca, que é a capital da região da Úmbria, foi conquistada pelos romanos em 310 a.C., Este não é um vilarejo-museu como alguns dos anteriores, tem cerca de 150 mil habitantes. O centro histórico é maior do que os visitados antes, o Guia Verde Michelin atribui a ele quatro horas de visita. As Fontana Maggioreprincipais atrações são consideradas a fonte, chamada de Fontana Maggiore (foto), o Palazzo dei Priori e a Galeria Nacional da Úmbria. É interessante que viajando pela França me deparei com uma cidade medieval chamada Perouge, que foi fundada por italianos fugindo de perseguições na sua Perugia natal. Falarei dessa oportunamente.

Prosseguindo em direção a Florença, a gente passaria por Siena e San Gimignano, mas preferi tratar essas duas como subúrbio de Florença, descrevendo-as em outro capítulo.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

19 Opiniões

  1. Arlon Borges disse:

    Ótimo! Viajando com o Sr. Magalhães a gente tem a impressão de conhecer cada lugar.

  2. CLÉRIA SALDANHA disse:

    Honestamente, ao término da leitura, já estava, literalmente, na Itália. Descrição perfeita!

  3. HUGOMASSINE disse:

    DARIA OPÇÃES VARIADAS DE TRANSPORTE!

  4. Lailma Feitosa disse:

    Lendo os textos do Magalhães, me apaixono ainda mais pela Itália.

  5. Ademir Scardino disse:

    Uma narrativa bem escrita. Porém, gostaria que o viajante-narrador descrevesse um pouco da Castelluccia Inferiore.

  6. Larisse disse:

    Adorei a matéria, sou loucamente apaixonada pela Itália apesar de nunca tê-la conhecido pessoalmente! Mas posso viajar pelas belíssimas repostagens de alguns sites como este. Espero novidades!!!

  7. Ana Lucia Isolani disse:

    Olá Parabéns pela reportagem belíssima. A Itália sempre me emociona, pois a trago no sangue e no coração. Para o futuro com mais tempo e $ quero ir p/ lá. É o maior sonho que tenho na vida!

  8. Paulo Roberto disse:

    Lendo essa reportagem aumentou mas a vontade de chegar em Florença!

    "Mancanza po”per me conoscere questa grande città"

  9. sandra disse:

    eu gostei da reportagem sobre a italia.
    vcs pode fazer uma materia sobre a cidade de trevizo na italia .
    pq é a terra natal do avo
    sem mais agradeço……………

  10. marcelo monzillo disse:

    muito bom , as viagens de trem são sempre uma ótima opção pra conhecer, ou melhor , viver a Itália.
    ciao!

  11. jeciane disse:

    essa folha esta otima adorei

  12. Liliana disse:

    Acho que seria importante citar o fato da igreja de São Francisco ser patrimônio do Vaticano!Quase morri quando visitei o túmulo sentindo a energia que transborda!E São Jorge não é mito não , visitei sua capela , se não me engano em portofino!Agora capriche quando falar de Siena , pra mim a cidade mais bonita ! Seu Duomo é inacreditável , por dentro e por fora!E a cidade está em ótimo estado de conservação!

  13. Martha Marti disse:

    Achei muito boa a maneira como vcs apresentaram as cidades…infelizmente não tive tempo de conhecer todas na minha passei na Italia, só as mais turistica, como Roma, Firenza, Veneza, Siena, Lucca e Pisa ao qual eu tenho uma paixão especial, por ter feito meu intercambio lá.
    Mas atras da reportagem, q vcs apresentaram, pude conhecer ainda mais cidades! E com certeza qdo eu voltar vou conhece-las pessoalmente! Parabens por esta materia!!!

  14. rita disse:

    Lendo esta matéria novamente percorri os caminhos feitos 7 anos atrás em direção a Florença.
    Muito bancana

  15. isabel disse:

    muito legal as informações sobre a italia e o site em si traz muitas informações sobre diversos assuntos.

  16. Gilmar Duarte disse:

    Vale a pena ir pela autoestrada até Orvieto e de lá seguir pela serra até San Valentin dei Monti e descer até Perúgia. Com um pouco de sorte vocês vão encontrar muita neve lá no alto. depois voltem para a estrada e chegarão em Firenze.

  17. SANDRA disse:

    Gostei muito, foi muito esclarecedor !
    Estou indo em dezenbro para Roma e no dia seguinte apos minha chegada pegando um carro no Aeropoto Fumicinio e indo para Florença. PREGUNTA: Todas falam qua dirigir em roma e uma loucura , e verdade consigo sair bem de Roma para florença?
    Agradeço .

  18. Fernando Magalhães disse:

    Sandra, dirigir dentro do trânsito de Roma é meio estressante, sao todos malucos, mas a partir do aeroporto voce está fora
    da cidade, tudo é bem sinalizado. Tente estudar o mapa antes. Já fiz isso nos dois sentidos mais de uma vez, é claro que a gente fica nervoso mas no fim dá tudo certo.

  19. Adriana disse:

    Sua matéria me fez decidir o destino das próximas férias!
    obrigada.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *