Início » Cultura » Descoberta arqueológica gera polêmica entre especialistas
Arqueologia

Descoberta arqueológica gera polêmica entre especialistas

Estudiosos lamentam que as autoridades na Jordânia não tenham apresentado mais informações sobre a descoberta

Descoberta arqueológica gera polêmica entre especialistas
Se os especialistas comprovarem a autenticidade dos códices, eles ajudarão a elucidar um dos grandes mistérios da história monoteísta (Reprodução/Rex Features)

Há quatro anos um estudioso renomado da Jordânia anunciou que uma coleção misteriosa de códices, com a peculiaridade de serem gravados emplacas de chumbo presas por anéis metálicos, poderia ser a descoberta mais importante no campo da arqueologia religiosa desde 1947, quando os Manuscritos do Mar Morto foram aos poucos sendo encontrados nas cavernas a leste de Jerusalém. Há quase três anos um grupo de 38 estudiosos respeitados na comunidade acadêmica escreveu ao The Times de Londres lamentando o fato de que as autoridades na Jordânia, depois do entusiasmo inicial, mantinham-se em silêncio, sem dar mais informações sobre a descoberta.

Em muitos lugares, sobretudo na blogosfera, vários comentários exagerados descreveram as imagens, símbolos e textos enigmáticos, ou assustadores na opinião de outras pessoas, contidos nas placas de chumbo e sujeitos a diversas interpretações. Segundo uma versão da descoberta dos documentos, um beduíno israelita dissera que os códices pertenciam à sua família há muito tempo. As autoridades em Amã apressaram-se a desmentir a história, porque os documentos haviam sido encontrados há pouco tempo em uma caverna na Jordânia.

Se os especialistas comprovarem a autenticidade dos códices (na verdade, ainda pairam muitas dúvidas), eles ajudarão a elucidar um dos grandes mistérios da história monoteísta: o que aconteceu com os judeus cristãos, em outras palavras, com os destinatários da Epístola aos Hebreus no Novo Testamento, depois que fugiram de Jerusalém?

Fontes:
Economist-A chink of light

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *