Início » Cultura » Desenho ‘Tom e Jerry’ vira alvo de protestos raciais na internet
Conteúdo polêmico

Desenho ‘Tom e Jerry’ vira alvo de protestos raciais na internet

Após protestos de ativistas na internet, versão do desenho em blu-ray vendida pela Amazon ganha alerta sobre conteúdo no início dos episódios

Desenho ‘Tom e Jerry’ vira alvo de protestos raciais na internet
Maioria das críticas é contra os episódios 'Mouse Cleaning' e 'Casanova Cat' (Reprodução/Independent)

A série de desenhos animados Tom e Jerry ganhou uma versão em blu-ray para colecionadores. Porém, o que era para ser uma edição especial para fãs da série se tornou alvo de protestos na internet.

Leia mais: Mais um livro de Monteiro Lobato sob ameaça de censura
Leia mais: Audiência no STF sobre livro de Monteiro Lobato termina sem acordo

Empresas que vendem a nova versão, em especial a Amazon, têm sido alvos de protestos online de ativistas que acusam os episódios da série de ter conteúdo racista e retratar mulheres de forma machista.

Por conta dos protestos, a Amazon decidiu incluir no início dos episódios um alerta avisando que o desenho “pode expor alguns preconceitos étnicos e raciais que antes eram comuns na sociedade americana”. “Tais preconceitos eram errados antes e continuam sendo hoje”, diz o final do anúncio.

A maioria das críticas é contra os episódios “Mouse Cleaning” e “Casanova Cat”, lançados em 1951 e 1948, respectivamente. No primeiro, Tom passa carvão no rosto para enganar Mommy Two Shoes, personagem negra cujas pernas e os sapatos são as únicas partes que aparecem no desenho. No segundo, Tom aparece de cowboy e tenta conquistar uma gata tocando violão e fumando, ato que foi considerado pelos ativistas como um estímulo a um hábito nocivo.

A medida da Amazon não agradou parte dos ativistas, que exigiam a proibição dos episódios. Porém, a Amazon também recebeu apoio. “Estamos vendo a história de trás para frente, julgando valores antigos através de valores contemporâneos”, disse o professor de sociologia Frank Furedi, da Universidade de Kent, Reino Unido.

Um caso parecido ocorreu no Brasil, em 2012. Os livros Caçadas de Pedrinho e Negrinha, de Monteiro Lobato foram alvos de protestos raciais. Na época, o Instituto de Advocacia Racial (Iara) protocolou uma ação na Controladoria Geral da União pedindo o banimento dos livros, acusados de conteúdo racista. A ação ainda tramita no Supremo Tribunal Federal.

Veja abaixo a cena do episódio “Casanova Cat” acusada de machismo:

Fontes:
The Independent-Tom and Jerry cartoons now carry a 'racial prejudice' warning on Amazon

7 Opiniões

  1. SANDRO disse:

    Na minha modesta opinião, o mundo está enlouquecendo a passos largos.

  2. André Luiz D. Queiroz disse:

    Na minha opinião, que não estou preocupado em ser ‘politicamente correto’, acusar ‘Tom & Jerry’, ‘Caçadas de Pedrinho’ e outras obras infantis de conteúdo racista/violência/estímulo ao tabagismo/sexismo, etc, é coisa de gente hipócrita e que tem falta de coisa melhor pra fazer!!

  3. Roberto1776 disse:

    Aposto que o ANTÔNIO vai votar na dilma.

  4. PC disse:

    Ato nocivo são esses que se dizem politicamente corretos. São chatos prá caramba.

  5. Allan disse:

    Muito bem colocado LINDA tantos jovens roubando, matando e entre outras coisas a qual os ativistas poderiam está preocupados, não estão aí tentando censurar um desenho que vem passando a mais de cinquenta anos. É lamentável ver o mundo nessas condições. É o que penso.

  6. Antonio Lopes disse:

    Qual quer tipo de racismo ou preconceito deve ser punido.Pois e crime.

  7. LINDATIBILISE disse:

    Este tal de politicamente correto, onde tudo tem preconceito já esta esgotando. Quer dizer que não mais se valoriza a história, o passado. Ah! entendi, hoje a paquera não é mais no charge, é com a b..da de fora dançando funk e se ralando pelo muros da vida. Aí pode.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *