Início » Internacional » Destróier americano colide com petroleiro e deixa dez desaparecidos
USS JOHN S. MCCAIN

Destróier americano colide com petroleiro e deixa dez desaparecidos

Impacto da batida provoca inundação em navio de guerra americano e dez marinheiros desapareceram após a colisão. Autoridades continuam buscas

Destróier americano colide com petroleiro e deixa dez desaparecidos
Segundo a Marinha americana, a colisão foi registrada ao leste dos estreitos de Malaca e Cingapura (Foto: Wikimedia)

Um destróier americano colidiu com um navio petroleiro ao leste de Cingapura. De acordo com a Marinha dos Estados Unidos, pelo menos cinco marinheiros ficaram feridos na colisão e dez estão desaparecidos.

“O destróier dotado de mísseis teleguiados USS John S. McCain (DDG 56) colidiu com o navio mercante Alnic MC, enquanto navegava ao leste dos estreitos de Malaca e Cingapura em 21 de agosto”, informou a Marinha americana em comunicado.

A colisão foi registrada às 5h24 de segunda-feira, 21 (18h24 de domingo, 20, horário de Brasília), enquanto o navio de guerra dirigia-se para uma visita portuária de rotina, informou o comunicado.

Segundo a Marinha, o impacto da batida danificou o casco do destróier, o que deu origem a uma inundação e atingiu vários compartimentos, como as salas de comunicação e máquinas. O navio petroleiro pesa 30 mil toneladas, mais de três vezes o peso do destróier americano (8,3 mil toneladas).

Mais de 14 horas após a colisão, o destróier americano atracou na base naval de Changi, em Cingapura. Entretanto, navios e helicópteros das marinhas dos Estados Unidos, Cingapura e Malásia continuam as buscas pelos desaparecidos.

Esta é a quarta colisão este ano envolvendo embarcações da 7ª Frota da Marinha americana, que tem como base o porto da cidade de Yokosuka, no Japão. A mais recente foi registrada em junho, com o destróier USS Fitzgerald e um navio cargueiro filipino, provocando a morte de sete marinheiros.

O USS John S. McCain foi batizado em homenagem ao avô e ao pai do senador americano de mesmo nome – ambos foram almirantes da Marinha e o senador foi combatente na Guerra do Vietnã.

Fontes:
Washington Post-Stricken U.S. destroyer arrives in Singapore after collision, 10 sailors missing
O Globo-Destróier dos EUA e petroleiro batem no mar; 10 desaparecidos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Rogerio Faria disse:

    TERRORISTAS?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *