Início » Cultura » Dezenas de gatos mumificados são encontrados no Egito
EGITO ANTIGO

Dezenas de gatos mumificados são encontrados no Egito

Além das múmias, os arqueólogos também encontraram 100 estátuas de gatos e um busto de Bastet, deusa egípcia com cabeça de gato

Dezenas de gatos mumificados são encontrados no Egito
Múmias estavam em uma tumba onde ficava a antiga cidade de Memphis (Foto: Ministry of Antiquities/Facebook)

Uma equipe de arqueólogos do Ministério de Antiguidades do Egito descobriu uma tumba com dezenas de gatos mumificados. Além das múmias, foram encontradas 100 estátuas de gatos de madeira e um busto de bronze de Bastet, uma deusa egípcia com cabeça de gato.

As descobertas, que têm aproximadamente 6 mil anos, foram encontradas em um cemitério onde teria sido localizada a antiga cidade de Memphis, onde funciona o sítio arqueológico de Sacará. A notícia foi anunciadas através das redes sociais.

De acordo com o ministro de Antiguidades do Egito, Khaled El-Enany, a descoberta das tumbas dos gatos foi a primeira de três grandes descobertas que serão anunciadas até o final de 2018. Segundo informado pelo ministério através das redes sociais, o anúncio das descobertas tem como objetivo destacar o papel das antiguidades e “promover o país [Egito] e sua herança única”.

Com isso, a Pasta espera estimular o turismo no Egito, mostrando a “riqueza excepcional” da antiga civilização egípcia, e atrair a atenção do mundo para seus “magníficos monumentos”.

Apesar da grande descoberta, não é incomum que animais mumificados sejam encontrados. Isso porque, segundo especialistas, era um costume dos antigos egípcios. A arqueóloga Salima Ikram, professora da Universidade Americana no Cairo, destaca em seu site que os animais desempenhavam um “papel importante” na cultura egípcia.

“Não apenas como alimento, fonte de matérias-primas e como animais de estimação, mas também por motivos religiosos. Eles eram tipicamente mumificados por quatro propósitos principais – permitir que animais de estimação amados passassem para a vida após a morte, fornecer comida na vida após a morte, agir como oferendas a um deus em particular e porque alguns eram vistos como manifestações físicas de deuses específicos que os egípcios adoravam”, escreveu Ikram, explicando ainda que animais de diferentes tipos foram mumificados e enterrados.

Outras descobertas

Além dos gatos mumificados, os arqueólogos também descobriram as primeiras múmias de escaravelhos na antiga cidade de Memphis. Dois insetos foram encontrados dentro de um sarcófago de pedra calcária retangular, com três escaravelhos pintados de preto. Os escaravelhos foram embrulhados em linho e estão em uma condição de preservação “muito boa”, afirmou o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades, Mostafa Waziri.

Além dos escaravelhos, outra coleção dos insetos mumificados foi encontrada dentro de um sarcófago calcário menor, com apenas um escaravelho pintado de preto. Também foram encontrados sarcófagos de madeira de cobras e dois sarcófagos de madeira de crocodilos.

Fontes:
The Washington Post-Archaeologists have discovered dozens of cat mummies in an ancient Egyptian tomb

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *