Início » Internacional » Disputa pela Casa Branca em 2016 deve ficar a cargo das dinastias Clinton e Bush
Eleições nos EUA

Disputa pela Casa Branca em 2016 deve ficar a cargo das dinastias Clinton e Bush

Analistas preveem que o vencedor do pleito terá de fazer uma campanha bilionária para chegar à Casa Branca

Disputa pela Casa Branca em 2016 deve ficar a cargo das dinastias Clinton e Bush
Disputa entre as duas dinastias modernas dos EUA em 2016 deve ficar a cargo de Hillary Clinton e Jeb Bush (Reprodução / Internet)

O ano de 2015 ainda nem começou, mas todos nos Estados Unidos já estão de olho em 2016 que aponta para uma das mais difíceis corridas eleitorais e, certamente, a mais cara que o país já teve. Esta pode ser a sétima das últimas dez eleições presidenciais com um Clinton e um Bush na disputa e, ainda, a segunda em que os sobrenomes encabeçam a chapa partidária.

Leia também: Irmão de Bush prepara terreno para se candidatar à presidência em 2016

Faltando 685 dias para as eleições presidenciais, especialistas dizem que cada pré-candidato terá de arrecadar ao menos US$ 100 milhões apenas para ser visto como candidato e, para vencer as eleições,  o custo esperado de campanha é de cerca de US$ 1 bilhão.  Quase US $ 1,5 milhão para cada dia entre agora e 8 de novembro de 2016. A quantia certamente requer uma enorme quantidade de apertos de mão.

A título de comparação, a campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff — que custou 80% a mais este ano do que em 2010, em valores corrigidos pela inflação — declarou ter gasto R$ 350,6 milhões nesta eleição, contra R$ 194,8 milhões há quatro anos. O segundo colocado, Aécio Neves, informou ter gasto R$ 223,5 milhões.

Dinastias Clinton/Bush

Resta saber se os eleitores norte-americanos se concentrarão na disputa entre as duas dinastias modernas dos EUA, que em 2016 deve ficar a cargo de Hillary Clinton e Jeb Bush? Ou será que os outros candidatos, menos conhecidos, conseguirão capitalizar votos, beneficiando-se da agitação nos EUA com o alargamento das falhas econômicas e sociais e a crescente discussão do papel do país na política global?

Fontes:
Financial Times - Ticket to the White House set to cost at least $1bn
Zero Hora - Gastos da campanha de Dilma saltaram 80% nesta eleição

1 Opinião

  1. Beraldo Dabés Filho disse:

    “Dinastias modernas”? Muito pelo contrário, nada tão arcaico. De qualquer forma, qualquer Presidente dos EEUU que não seja um Bush, tá bom demais. Os Bush não tem escrúpulos. Para eles os fins justificam os meios e foi por isso mesmo que provocaram a tragédia de 11 de setembro de 2001 e, por vingança, as subsequentes. Guantânamo, para eles, é uma senzala da Casa Branca, para torturas e assassinatos de suspeitos, sem julgamento. São medievais.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *