Início » Internacional » Documentos americanos sobre Guerra Suja na Argentina podem se tornar públicos
DOCUMENTOS CONFIDENCIAIS

Documentos americanos sobre Guerra Suja na Argentina podem se tornar públicos

O presidente americano visita a Argentina na próxima semana e pode prometer que Washington deve revelar seu papel durante período histórico

Documentos americanos sobre Guerra Suja na Argentina podem se tornar públicos
Fotos de desaparecidos da Guerra Suja na Argentina (Foto: Wikimedia)

Na próxima semana, o presidente americano Barack Obama vai visitar a Argentina durante o 40° aniversário do golpe militar. Ele deve prometer que Washington vai revelar seu papel durante a Guerra Suja na Argentina, que durou de 1976 a 1983.

Neste período, os militares raptaram milhares de civis e detiveram arbitrariamente centenas de bebês, que acabaram sendo criados por famílias de militares.

Grupos de direitos humanos na Argentina querem acesso aos registros diplomáticos e de inteligência dos Estados Unidos, considerados confidenciais. O próprio governo argentino pediu formalmente para que os documentos se tornassem públicos.

O quanto o governo americano sabia sobre os abusos cometidos na Argentina ficou em segredo. Por isso, o ato de tornar estes registros públicos pode mostrar a política externa americana vergonhosa, que ocorreu quando Washington apoiou de algumas formas as táticas brutais dos governos de direita na região.

Estes documentos podem ajudar famílias de vítimas que até hoje buscam respostas sobre o que ocorreu com seus familiares.

Fontes:
The New York Times-America’s Role in Argentina’s Dirty War

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *