Início » Internacional » Ebola pode chegar à Europa até o final de outubro
Surto de ebola

Ebola pode chegar à Europa até o final de outubro

A França é tida como um dos países com maior probabilidade de ser o próximo atingido

Ebola pode chegar à Europa até o final de outubro
A epidemia já matou mais de 3.400 pessoas desde que começou, na África Ocidental (Reprodução/Reuters)

Cientistas alertam que o vírus ebola pode chegar ao Reino Unido e à França até o final deste mês. Após uma análise dos padrões de dispersão de doenças e dados de tráfego aéreo, especialistas previram que há uma chance de 75% de que o vírus seja importado para a França até 24 de outubro. Para o Reino Unido esse risco seria de 50%.

Leia mais: Ajuda de R$ 1 mi do Brasil contra vírus ebola recebe críticas
Leia mais: Seis fatos sobre o pior surto de ebola da história
Leia mais: ‘NYT’ divulga fotos de hospital usado para tratar infectados na África

A França é tida como um dos países com maior probabilidade de ser o próximo atingido, porque os países mais afetados – Guiné, Serra Leoa e Libéria – incluem falantes de francês e têm ocupado rotas de viagem de volta.

As estimativas foram baseadas em um tráfego aéreo permanecendo em plena capacidade. Uma redução de 80% em viagens, no entanto, diminuiria o risco da França a 25%, e a 15% na Grã-Bretanha. Os dois países têm tratado cada passageiro que volta para casa com a doença.

Mas o estudo dos cientistas sugere que mais pessoas podem levar o vírus para a Europa sem saber que estão infectadas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) não colocou quaisquer restrições sobre viagens e tem incentivado as companhias aéreas a continuar a voar para os países mais atingidos. A British Airways e a Emirates Airlines suspenderam alguns voos.

Além de França e Reino Unido, a Bélgica tem 40% de chance de receber a doença. Espanha e Suíça têm o menor risco, 14% cada, de acordo com o estudo publicado na revista PLoS Current Outbreaks. O estudo também está sendo atualizado no site MoBs Lab.

Para Alex Vespignani, professor no Laboratório de Modelagem de Sistemas Biológicos e Sócio-técnicos da Northeastern University, em Boston, que liderou a pesquisa, os riscos mudam todos os dias em que a epidemia continua. “Essa não é uma lista determinista, é sobre probabilidades – mas essas probabilidades estão crescendo para todos. É apenas uma questão de quem tem sorte e quem fica com azar” afirmou  Vespignani.

Os últimos cálculos utilizam dados coletados a partir de 1 de outubro. A epidemia já matou mais de 3.400 pessoas desde que começou, em março deste ano, na África Ocidental, e já começou a se espalhar mais rapidamente, infectando quase 7.200 pessoas até o momento.

Fontes:
O Globo-Ebola pode chegar ao Reino Unido e à França até o fim do mês, alertam cientistas

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *