Início » Economia » Economistas estão insatisfeitos com medidas para acabar com a crise
Pesquisa sobre Obama

Economistas estão insatisfeitos com medidas para acabar com a crise

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Segundo uma pesquisa realizada pelo jornal americano The Wall Street Journal, a maioria dos 49 economistas entrevistados está insatisfeita com as medidas do presidente Obama e do secretário do Tesouro americano, Tim Geithner, para acabar com a crise econômica no país.

Apesar da taxa de aceitação de 60% ao presidente americano, de acordo com outra pesquisa realizada pelo mesmo veículo, quando se trata de economia, a qualificação de Obama fica com a média 60, em uma escala de 0 a 100, para 42% dos entrevistados. Geithner ficou com uma aceitação de 51%, enquanto o presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, teve 71% dos entrevistados a seu favor.

Quanto ao pacote de estímulo de US$ 787 bilhões, aprovado em fevereiro, os economistas consultados pelo WSJ se mostraram igualmente divididos se a medida é suficiente ou não. Cerca de 43% destes entrevistados acreditam que seria necessário outro pacote de mais de US$ 500 bilhões para salvar a economia americana.

Fontes:
Estadão - Economistas desaprovam medidas de Obama contra crise, diz pesquisa

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *