Início » Internacional » Egito manda oito a julgamento por dano em peça histórica
MÁSCARA TUTANKAMON

Egito manda oito a julgamento por dano em peça histórica

Um ex-diretor e o antigo responsável pelo Departamento de Restaurações do Museu Egípcio estão entre os indiciados

Egito manda oito a julgamento por dano em peça histórica
Depois de restaurada, a máscara voltou a ser exibida ao público em dezembro (Foto: Wikimedia)

Sabe quando você deixa uma peça importante cair e cola antes que alguém perceba? No Egito, oito pessoas irão a julgamento por fazer isso. A peça em questão nada mais é do que a máscara mortuária do faraó Tutankamon, um artefato de ouro de mais de 3 mil anos de idade, ligado a um dos mais famosos monarcas da história egípcia. Os acusados são funcionários do Museu Egípcio no Cairo e vão responder por negligência. Um ex-diretor e o antigo responsável pelo Departamento de Restaurações do museu estão entre os indiciados.

Leia mais: Tumba do faraó Tutankamon pode guardar duas câmaras ocultas

O episódio teria acontecido em agosto de 2014, durante uma operação de manutenção, mas só foi notado em janeiro do ano passado, quando funcionários alertaram as autoridades sobre danos ao artefato. A peça é uma imensa atração turística em um país que tem o turismo como uma das principais atividades econômicas.

Uma inspeção mostrou que a barba da máscara mortuária tinha quebrado e sido reparada como se tivesse colada às pressas. O governo determinou uma investigação e, segundo a promotoria, os funcionários tentaram reconstruir a máscara quatro vezes, inclusive usando um tipo de material colante inapropriado.

“Ignorando todos os métodos científicos de restauração, os suspeitos tentaram esconder o crime usando ferramentas de metal afiadas para remover partes visíveis da cola, o que danificou o artefato”, disse a promotoria.

A peça, por sua vez, foi restaurada em outubro por uma equipe internacional e voltou a ser exibida ao público em dezembro.

 

Fontes:
BBC Brasil-Egito manda oito a julgamento por quebra de máscara mortuária de faraó Tutancâmon
G1-Egito começa a restaurar máscara danificada de Tutancâmon

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *