Início » Internacional » Isis reivindica atentado que matou mais de 140 em Bagdá
IRAQUE

Isis reivindica atentado que matou mais de 140 em Bagdá

Ataque com carro-bomba é considerado o pior neste ano na capital iraquiana

Isis reivindica atentado que matou mais de 140 em Bagdá
Destruição após o ataque no bairro de Karrada (Fonte: Reprodução/Estadão)

O grupo Estado Islâmico (Isis) reivindicou a autoria de um atentado com carro-bomba em Bagdá, no Iraque, no início da madrugada deste domingo, 3, que deixou pelo menos 143 mortos e 195 feridos.

O ataque é considerado o pior neste ano na capital iraquiana e o terceiro grande ataque do Isis nos últimos dias em diferentes países.

A explosão aconteceu em uma rua comercial do bairro de Karrada. Havia muitas pessoas no local para comer e fazer compras. Por conta do jejum ao longo do dia do mês do Ramadã, os muçulmanos costumam prolongar as noites na rua.

O atentado deste domingo foi também o primeiro grande ataque a Bagdá desde que o Exército iraquiano recuperou, no último mês, o controle da cidade de Falujah, que esteve sob controle do Isis durante dois anos e meio.

O Estado Islâmico também reivindicou a autoria de um ataque a um restaurante em Bangladesh na semana passada que deixou 20 mortos. O grupo foi ainda apontado por autoridades turcas como o autor das explosões no aeroporto de Istambul, também na semana passada, que deixaram mais de 40 mortos.

Além do grande número de mortos e feridos, o atentado deste domingo causou muita destruição. Várias lojas e imóveis foram tomados pelo fogo.

O atentado em Bagdá volta a colocar em xeque a capacidade do governo iraquiano para detectar e conter os ataques do grupo extremista Estado Islâmico.

Fontes:
Estadão - Atentado reivindicado pelo EI deixa ao mesmo 143 mortos em Bagdá

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *