Início » Internacional » Em defesa dos trens de alta velocidade
Grã-Bretanha

Em defesa dos trens de alta velocidade

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A secretária britânica de Transportes, Theresa Villiers, prometeu no dia 29 de setembro que o governo vai investir cerca de US$ 28 bilhões para construir, até 2027, uma linha de trens de alta velocidade ligando Londres e Leeds.

A linha ferroviária passaria pelas cidades de Birminghan e Manchester. Theresa Villiers disse também que é contra a expansão do aeroporto de Heathrow e garantiu que os trens de alta velocidade trariam inúmeros benefícios.

Uma linha de alta velocidade reduziria o tempo de viagem entre as cidades britânicas e também aliviaria a pressão sobre as linhas já existentes, tanto para os serviços de carga quanto para os de passageiros. Mas, enquanto grupos de ambientalistas e de ferroviários foram a favor da idéia, conservadores mais tradicionais se mostraram contra, defendendo a expansão do Heathrow.

Caso a linha seja construída, será possível reduzir em 66 mil o número de vôos por ano no Heathrow. Além disto, trens movidos a eletricidade emitem menos carbono do que aviões.

Fontes:
Economist - High-speed rail: Fast trains to take the strain

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *