Início » Internacional » Em meio à tensão, presidente do Iraque nomeia novo primeiro-ministro
racha na coalizão

Em meio à tensão, presidente do Iraque nomeia novo primeiro-ministro

O presidente iraquiano, Fuad Masum, nomeou Haider al-Abadi para o cargo do atual primeiro-ministro, Nouri al-Maliki, abrindo caminho para a formação de um novo governo no país

Em meio à tensão, presidente do Iraque nomeia novo primeiro-ministro
Simpatizantes do atual primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, participam de um ato em Bagdá (Reprodução/AFP)

O presidente do Iraque, Fuad Masum, nomeou nesta segunda-feira, 11, o vice-presidente do parlamento e membro da coalizão xiita, Haider al-Abadi, como o novo primeiro-ministro do país. A nomeação abre uma potencial crise com o atual primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, pressionado a deixar o cargo em meio à insurreição jihadista no norte do país.

Leia mais: Estado Islâmico matou 500 Yazidis e enterrou alguns vivos, diz Iraque
Leia mais: Operação no Iraque deve levar tempo, diz Barack Obama

Embora Maliki ainda afirme estar no poder, o presidente iraquiano pediu a Abadi para formar um novo governo. Maliki diz que deve permanecer no cargo, pois tem apoio da maioria do parlamento e das forças armadas do país. A disputa política promete elevar ainda mais a tensão no Iraque, num momento em que o país precisa uma coalizão unida.

O presidente Fuad Masum recebeu o apoio de muitos políticos curdos e iraquianos, que acreditam que o governo de Maliki acirrou a tensão sectária entre xiitas e sunitas no Iraque. O maior temor é que Maliki use sua influência sobre o exército para continuar no cargo. “Estamos preocupados com a possibilidade de um golpe militar”, disse o general Halgurd Hikmet, porta-voz chefe das foras curdas Peshmergas.

Na Austrália, o secretário de Estado americano, John Kerry, disse que Maliki deve apoiar a mudança e não usar seu poder político para continuar no poder. “Não deve haver necessidade de usar a força. O Iraque precisa finalizar o processo de formação do governo. Nossa esperança é que Maliki não atrapalhe”, disse Kerry.

Fontes:
The New York Times-Political Crisis in Iraq Deepens as President Nominates a New Prime Minister

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *