Início » Internacional » Emissão de gases de efeito estufa bate novo recorde em 2018
ESTUDO

Emissão de gases de efeito estufa bate novo recorde em 2018

Relatório divulgado pelo Boletim da Sociedade Americana de Meteorologia aponta que 2018 está entre os quatro anos mais quentes em mais de um século

Emissão de gases de efeito estufa bate novo recorde em 2018
O efeito estufa é um fenômeno natural que pode ser exacerbado pela ação humana (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Um relatório divulgado nesta segunda-feira, 12, no Boletim da Sociedade Americana de Meteorologia aponta que a emissão de gases de efeito estufa na atmosfera atingiu um novo recorde no ano passado.

O efeito estufa é um fenômeno natural que pode, no entanto, ser exacerbado pela ação humana, por meio da emissão excessiva de gases.

De acordo com o relatório, junto com 2015, 2016 e 2017, o ano de 2018 está entre os quatro mais quentes em mais de um século.

“Todos os anos desde o início do século 21 têm sido mais quentes do que a média entre 1981 e 2010”, destaca o relatório.

O documento anual divulgado nesta segunda é a 29ª edição do relatório “Estado do Clima”, que é produzido pelos centros de informação sobre o clima da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos EUA, com o apoio de centenas de especialistas de várias partes do mundo.

Entre as entidades brasileiras que colaboraram com o relatório atual estão o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden); o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e o Centro de Ciência do Sistema Terrestre (CCST) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

O relatório divulgado nesta segunda revelou também que o nível dos oceanos aumentou pelo sétimo ano seguido, alcançando a maior média global anual em 26 anos. Em relação a recordes de temperaturas altas, aponta o estudo, o Paquistão atingiu 50,2º Celsius em abril do ano passado.

Ainda segundo o relatório, o número de tempestades tropicais registradas nos países próximos da Linha do Equador foi de 95, acima da média de 82 tempestades por ano entre 1981 e 2010. Os incêndios florestais nos EUA foram mais devastadores no ano passado, também aponta o relatório.

Fontes:
G1 - Emissão de gases de efeito estufa na atmosfera atingiu novo recorde histórico em 2018, diz estudo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *