Início » Internacional » Emmerson Mnangagwa vence eleições presidenciais no Zimbábue
ELEIÇÕES NO ZIMBÁBUE

Emmerson Mnangagwa vence eleições presidenciais no Zimbábue

Segundo Comissão Eleitoral do país, Mnangagwa obteve 50,8% dos votos. Oposição afirmou que vai contestar o resultado na Justiça, denunciando se tratar de fraude

Emmerson Mnangagwa vence eleições presidenciais no Zimbábue
Mnangagwa disse que sua vitória representa um recomeço e pediu união (Fonte: Flickr CC/C SA 2.0)

A Comissão Eleitoral do Zimbábue informou nesta quinta-feira, 2, que o atual presidente do Zimbábue, Emmerson Mnangagwa, ex-vice de Robert Mugabe, venceu as eleições presidenciais que ocorreram na última segunda-feira, 30. A oposição, no entanto, já afirmou que vai contestar o resultado do pleito na Justiça, denunciando se tratar de fraude.

Mnangagwa, que é líder da União Nacional Africana do Zimbábue – Frente Patriótica (Zanu-PF), derrotou o candidato da oposição, Nelson Chamisa, do Movimento pela Mudança Democrática (MDC), em seis do total de dez províncias do Zimbábue.

Segundo a Comissão Eleitoral, o atual presidente obteve 50,8% dos votos, descartando a possibilidade de um segundo turno. Já obteve 44,3% dos votos. O porta-voz do MDC, Morgan Komichi, afirmou que o resultado das eleições presidenciais é falso, pois não teria sido verificado por representantes do partido.

Antes do resultado oficial ser anunciado, o candidato da oposição havia afirmado que era vitorioso. “Mnangagwa sabe que perdeu as eleições. Se tivesse vencido, os resultados teriam sido anunciados há muito tempo. Estão tentando manipular a votação. Estou na frente dele no voto popular”, disse o opositor.

Mnangagwa assumiu a presidência em novembro de 2017, após a queda de Robert Mugabe, que governou o país desde 1980. O presidente eleito disse que sua vitória representa um recomeço e também pediu união.

A eleição no Zimbábue foi tensa. Na última quarta-feira, 1º, foram registrados protestos violentos nas ruas do país. Manifestações da oposição foram reprimidas com violência pelo Exército e pela polícia na capital Harare. Um total de 26 pessoas foram detidas.

 

Leia também: Zimbábue vive calmaria tensa após protestos contra resultados das eleições

Fontes:
Terra - Mnangagwa é eleito presidente do Zimbábue

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *