Início » Vida » Ciência » Encontrar vida fora da Terra seria bom ou ruim?
vida extraterrestre

Encontrar vida fora da Terra seria bom ou ruim?

Este aparece um ano promissor para aqueles que anseiam pela descoberta de vida fora da Terra. Mas nem todas pessoas concordam que isso é uma boa notícia

Em junho deste ano, na celebração do 46º aniversário do dia em que o homem pisou na Lua, o filantropo russo Yuri Milner anunciou que vai investir US$ 100 milhões no projeto Seti, que é dedicado à busca de vida extraterrestre. A quantia vai garantir ao projeto a estabilidade financeira para obter os telescópios necessários para avançar na pesquisa.

Naquele mesmo mês, a Nasa anunciou a descoberta do planeta mais parecido com a Terra já encontrado pela agência: o  Kepler 452b, que orbita uma estrela igual ao Sol a 1400 anos-luz de distância da Terra.

Para aqueles que anseiam pela descoberta de vida fora da Terra este aparece um ano promissor. Mas nem todas pessoas concordam que isso é uma boa notícia. Uma delas é Nick Bostrom, filósofo da Universidade de Oxford e diretor do Futere of Humanity Institute, centro dedicado a pesquisar ameaças à vida terrestre.

Para Bostrom, a descoberta de vida fora da Terra, seja um micróbio ou uma civilização inteligente, seria “um duro golpe” e um péssimo sinal para o futuro da humanidade.

O argumento de Bostrom tem como ponto de partida o Paradoxo de Fermi, criado em 1950, pelo físico italiano Enrico Fermi. A teoria afirma que, se realmente houvesse uma civilização extraterrestre inteligente e dotada de tecnologia, ela já teria colonizado rapidamente toda a galáxia, mesmo se esse processo de colonização levasse 10 milhões de anos para ser concluído.

Isso porque, apesar de parecer muito tempo, 10 milhões de anos é apenas um curto período para o universo. Só a Via Láctea, por exemplo, tem 200 bilhões de anos. Logo, o Paradoxo de Fermi conclui que se realmente houvesse vida inteligente fora da Terra, atualmente a galáxia seria um lugar tão cheio quanto a Times Square.

Outra razão pela qual Bostrom não acredita que haja vida fora da Terra é sua própria teoria, chamada O Grande Filtro. Segundo ela, em algum ponto entre o início da vida e a evolução da inteligência, há uma barreira impossível de ser atravessada. Isso impede o encontro de civilizações inteligentes de diferentes planetas. Se houver vida somente na Terra, é porque os terráqueos conseguiram ultrapassar essa barreira. Mas se houver vida em outro planeta, é porque ainda não chegamos a tal ponto, o que torna o futuro sombrio para os terráqueos, pois a vida humana estaria condenada.

No entanto, as teorias de Fermi e Bostrom são apenas especulações, que no fim das contas servem somente para corroborar a afirmação do físico americano Lewis Thomas: “Somos uma espécie ignorante. Por isso fazemos experimentos”.

Fontes:
The New York Times-The Flip Side of Optimism About Life on Other Planets

2 Opiniões

  1. Markut disse:

    Mas, se seres de outros planetas forem inteligentes, como nós entendemos, a curiosidade pelo desconhecido estaria sempre presente.
    Em todo caso, para o nosso modo de ser e pensar, investigar esse mistério é vital .
    Todo o nosso geocentrismo e antropocentrismo cairia por terra e teríamos que nos preocupar, talvez, com uma eventual ameaça de sermos invadidos e dominados, até´por uma inteligência e tecnologia supérior á nossa ,num pressuposto de que esse extraterrestre tivesse caraterísticas semelhantes de dominação, tais como os da nossa inamovivel natureza humana, com a sua inapelavel dualidade de um lado obscuro ,predominante, e de um lado luminoso escasso e raro.

  2. Ludwig Von Drake disse:

    1 – Fermi e Bostrom esquecem que a mitologia de todos os povos, modernos e primitivos indicam que nós somos invenção de extra-terrestres.
    2 – Uma boa série televisiva também ensina: trata-se da “primeira diretiva” da Federação Unida de Planetas (Star Trek) – diz que uma nave da “Federação” não deve interferir noutras culturas.
    3 – Dizendo de outro modo, talvez Lewis Thomas esteja certo e seres de outros planetas não nos achem inteligentes e não percam seu tempo com a gente.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *