Início » Economia » Equador faz história ao anunciar que vai pagar dívida externa
CALOTE ZERO

Equador faz história ao anunciar que vai pagar dívida externa

Considerado um país caloteiro em série, o Equador anunciou o pagamento integral da dívida externa de 2015

Equador faz história ao anunciar que vai pagar dívida externa
'É a primeira vez na história', comemorou o presidente Rafael Correa (Foto: EBC)

O Equador fez história ao anunciar esta semana que vai pagar toda a dívida externa do país este ano. É a primeira vez que isso ocorre desde que o país deu seu primeiro calote, há 132 anos.

“Nós acabamos de submeter US$ 650 milhões para o pagamento integral da dívida externa de 2015. É a primeira vez na história”, comemorou o presidente Rafael Correa, em sua conta no Twitter. Correa fez questão de ressaltar que isso ocorre em um ano em que os cofres públicos do país tiveram lucro zero nas receitas provenientes do petróleo.

O pagamento da dívida externa é um esforço do Equador para se livrar do estigma de “caloteiro em série” e recuperar a confiança do investidor em tempos de tormenta financeira. Afetada pela crise do petróleo e pela valorização do dólar, moeda corrente do país, a economia do Equador está prevista para encolher 0,6% este ano, o terceiro pior desempenho da América do Sul, após Venezuela e Brasil.

No entanto, para alguns analistas, a medida do governo Correa não fará com que o país se livre do estigma. “Então eles finalmente pagaram a dívida externa. Ao longo dos 20 anos que eu trabalho no setor, é o único país que pagou uma dívida quando podia, e o estigma continua”, disse Paul McNamara, diretor para economias emergentes da gestora de ativos britânica GAM.

O primeiro calote do equador foi em 1832, dez anos após sua independência. Após seis outros calotes seguintes, o presidente Rafael Correia deixou de pagar novamente a dívida externa em 2008, alegando que ela era “ilegítima” e que os credores eram “verdadeiros monstros”.

Fontes:
Financial Times-Ecuador repays debt and makes history

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *