Início » Internacional » Equador teme pela saúde de Assange
WikiLeaks

Equador teme pela saúde de Assange

'Assange está emagrecendo visivelmente e estamos muito preocupados com sua saúde', disse vice-ministro equatoriano

Equador teme pela saúde de Assange
Assange está desde junho refugiado na embaixada do Equador em Londres (Fonte: Reprodução/Télam)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O vice-ministro das Relações Exteriores e Integração Política do Equador, Marco Albuja Martinez, informou que seu país está preocupado com a saúde do fundador do polêmico site WikiLeaks, Julian Assange, refugiado na embaixada equatoriana em Londres desde junho.

Leia também: Por que exigir a extradição de Julian Assange?
Leia também: Suécia negará extradição de Assange se houver risco de execução
Leia também: Saiba porque Rafael Correa comprou a briga de Assange

“Assange está emagrecendo visivelmente e estamos muito preocupados com sua saúde”, disse Martinez a uma rádio russa, em Moscou. O governo equatoriano quer garantias por parte das autoridades britânicas de que Assange não será detido caso precise ser transferido para um hospital.

Um porta-voz da chancelaria britânica disse que “o Equador não nos disse que o senhor Assange está doente. De qualquer jeito, se eles o fizessem, nós poderíamos considerar a questão”.

Direitos humanos

O vice-ministro do Equador afirmou também que se trata de “uma situação muito séria, que pode afetar os direitos humanos de Assange”.

O australiano Julian Assange é acusado na Suécia de agressão sexual. Embora tenha recebido asilo do Equador, Assange não tem salvo-conduto para deixar a embaixada do país em Londres e se dirigir até o aeroporto. O governo britânico garante que o australiano será preso assim que deixar a embaixada.

Fontes:
Veja - Equador pede garantia para tratar Assange em hospital

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *