Início » Internacional » Erdogan bane Uber da Turquia
SERVIÇO PROIBIDO

Erdogan bane Uber da Turquia

Presidente turco anuncia o fim da atuação do aplicativo no país. Medida atende à pressão de taxistas contra o serviço

Erdogan bane Uber da Turquia
Motoristas flagrados podem ter a carteira suspensa por dois anos (Foto: Reprodução/Uber)

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, proibiu o aplicativo de transporte privado Uber de operar no país. Em um pronunciamento oficial na noite do último sábado, 2, Erdogan disse que o Uber “acabou” no país. A medida foi tomada em resposta à pressão de taxistas contra o serviço.

“Apareceu uma coisa chamada Uber ou algo assim. Isso acabou. Já não existe. […] De onde isso saiu? Há na Europa, mas aqui nós decidimos. Temos um sistema de táxis. O Ministério do Interior deu as instruções. Se eles se meterem no nosso trânsito, faremos o necessário. Ninguém pode pisar no direito dos nossos taxistas”, disse Erdogan.

Nos últimos meses, protestos de taxistas contra o que chamam de concorrência desleal do aplicativo se alastraram pelo país. Em Istambul, foram registradas várias ocorrências de agressão de taxistas contra motoristas do aplicativo, que começou a operar na cidade em 2014. Assim como em outros países, a notória má qualidade do serviço dos taxistas na Turquia abriu margem para a entrada do aplicativo no país.

No entanto, na última terça-feira, 29, o governo turco aprovou uma lei que inviabiliza a atuação do Uber na Turquia. A nova lei determina multa para motoristas flagrados trabalhando para o aplicativo. Em caso de reincidência, o motorista pode ter a carteira suspensa por dois anos.

Fontes:
DW-Erdogan anuncia proibição do Uber na Turquia

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Rogerio Faria disse:

    “Adoro o capitalismo” e a livre concorrência. Trump que o o diga com as suas sobretarifas de produtos…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *